Esportes

Fratello è verde

Luiz Antônio Venker Menezes, ou simplesmente Mano Menezes, é o novo técnico da Sociedade Esportiva Palmeiras para a sequência da temporada 2019, em substituição a Luiz Felipe Scolari.

Treinador da seleção brasileira entre 2010 e 2012, o novo comandante esmeraldino possui as seguintes conquistas em seu currículo: Campeão Gaúcho (2002/06/07), Campeão Paulista (2009), Campeão Mineiro (2018/19) e Campeão da Copa do Brasil (2009/17/18).

A chegada de um treinador que teve passagem pelo maior rival alviverde não é novidade na vida palmeirense, bem como com passagem pela seleção brasileira. Ele será o décimo sexto comandante palestrino a ter servido o selecionado nacional e o trigésimo terceiro profissional com passagem pelo time do Parque São Jorge a vestir o manto verde e branco.

Confira os técnicos que trabalharam no Palestra/Palmeiras que atuaram como técnico ou jogador no maior rival:

Bianco Spartaco Gambini – 1921, 1922, 1923 e 1930/1931
Amilcar Barbuy – 1924 a 1925 e 1929
Joaquim Almeida (Bororó) – 1927 a 1928
Arturo Fabbi – 1937
Armando Del Debbio – 1942 a 1944 e 1945
Oswaldo Brandão – 1945 a 1946 e 1947 a 1948 e 1958 a 1960 e 1971 a 1975 e 1980
Jim Lopes – 1950
Aymoré Moreira – 1954 a 1955 e 1956 a 1957 e 1967
Armando Renganeschi – 1961
Silvio Pirillo – 1963 a 1964
Mario Travaglini – 1964 a 1968 e 1971 e 1984 a 1985
Filpo Nunez – 1964 a 1965 e 1968 a 1969 e 1978 a 1979
Fleitas Solich – 1966
Rubens Minelli – 1969 a 1971 e 1982 a 1983 e 1987 a 1988
Helio Maffia – 1972 a 1974
Dino Sani – 1975 a 1976
Jorge Viera – 1977 a 1978 e 1981
Carlos Alberto Silva – 1984 e 1995
Enio Andrade – 1988
Emerson Leão – 1989 e  2005 a 2006
Jair Pereira – 1990
Paulo Cesar Carpegiani – 1991
Nelsinho Baptista – 1991 a 1992
Vanderlei Luxemburgo – 1993 a 1994 e 1995 a 1996 e 2002 e 2008 a 2009
Valdir Espinosa – 1995
Jair Picerni – 2003 a 2004 e 2006
Wilson Coimbra – 2004 e 2005
Candinho – 2005
Tite – 2006
Antonio Carlos Zago – 2010
Jorge Parraga – 2010
Oswaldo de Oliveira – 2015
Mano Menezes – 2019

Confira os técnicos que trabalharam no Palestra/Palmeiras com passagem pela seleção brasileira:

Ramon Platero – 1925
Silvio Lagreca – 1940
Aymoré Moreira – 1953/1961 a 1963/1967 a 1968
Osvaldo Brandão – 1955/1956/1957/1975 a 1977
Silvio Pirillo – 1957
Filpo Nunez – 1965
Mario Travaglini – 1976
Telê Santana – 1980 a 1982/1985 a 1986
Carlos Alberto Silva – 1987 a 1988
Vanderlei Luxemburgo -1998 a 2000
Candinho – 1999 a 2000
Pedro Santilli – 2000
Emerson Leão – 2001
Luiz Felipe Scolari – 2001 a 2002/2013 e 2014
Mano Menezes – 2010 a 2012
Tite – 2016 até os dias atuais

mano menezes
FORZA VERDÃO!!!

Anúncios
Padrão
Esportes

Obrigado, Scolari!

Hoje São Paulo amanheceu cinzenta, assim como no dia 4 de agosto de 2018. Naquela manhã era dia de novo técnico na Sociedade Esportiva Palmeiras. Retornava ao alviverde Luiz Felipe Scolari para nos conduzir ao Deca campeonato nacional. Foi um momento mágico! Um tremendo orgulho para toda a nossa apaixonada coletividade.

Felipão deixa o Verdão na noite de segunda-feira (2). Termina mais um ciclo vitorioso ainda maior e idolatrado como quando chegou há um ano atrás. Tornou a Sala de Troféus palestrina ainda mais rica. Quebrou novos recordes defendendo as nossas cores. Felipão tem a alma palestrina e o respeito profundo por tudo que construiu em nossa amada sociedade esportiva.

Vice-campeão Brasileiro em 1997, campeão da Copa do Brasil e a da Copa Sul-Americana Mercosul em 1998, campeão da Copa Libertadores da América de 1999, vice-campeão paulista, vice-campeão da Copa Sul-Americana Mercosul e vice-campeão mundial interclubes em 1999, campeão do Torneio Rio São Paulo, da Copa dos Campeões e vice-campeão da Libertadores em 2000, campeão da Copa do Brasil em 2012 e campeão brasileiro em 2018.

Único técnico a treinar o Palmeiras em 4 Libertadores. O que mais venceu na competição continental pelo alviverde com 24 triunfos. Único que chegou em duas finais (1999 e 2000). Único a vencer um título continental em 1999. Além de duas inesquecíveis e eternas eliminações sobre o nosso maior rival na competição continental.

Ele é o técnico que mais vezes comandou o alviverde na história do Campeonato Brasileiro com 209 partidas. Em 2018/19 registrou a inigualável marca de 33 partidas invictas na competição nacional. Um recorde absoluto na história palestrina.

Ele é o segundo técnico que mais treinou o Verdão em sua história, com 485 jogos, atrás apenas de Oswaldo Brandão. Foram 238 vitórias sob o seu comando!

Felipão revolucionou o jeito do Palmeiras jogar. Acostumado com o estilo acadêmico e cadenciado das Academias ou com o futebol espetáculo dos anos 90, Luiz Felipe Scolari implementou o futebol por resultados no Palestra. O Scolarismo é tão nosso, quanto o brilhantismo das Academias.

Obrigado Felipão! Temos enorme gratidão por tudo! O Palestra e os palestrinos te amam!

felipao

 

Padrão