Esportes

Obrigado, Scolari!

Hoje São Paulo amanheceu cinzenta, assim como no dia 4 de agosto de 2018. Naquela manhã era dia de novo técnico na Sociedade Esportiva Palmeiras. Retornava ao alviverde Luiz Felipe Scolari para nos conduzir ao Deca campeonato nacional. Foi um momento mágico! Um tremendo orgulho para toda a nossa apaixonada coletividade.

Felipão deixa o Verdão na noite de segunda-feira (2). Termina mais um ciclo vitorioso ainda maior e idolatrado como quando chegou há um ano atrás. Tornou a Sala de Troféus palestrina ainda mais rica. Quebrou novos recordes defendendo as nossas cores. Felipão tem a alma palestrina e o respeito profundo por tudo que construiu em nossa amada sociedade esportiva.

Vice-campeão Brasileiro em 1997, campeão da Copa do Brasil e a da Copa Sul-Americana Mercosul em 1998, campeão da Copa Libertadores da América de 1999, vice-campeão paulista, vice-campeão da Copa Sul-Americana Mercosul e vice-campeão mundial interclubes em 1999, campeão do Torneio Rio São Paulo, da Copa dos Campeões e vice-campeão da Libertadores em 2000, campeão da Copa do Brasil em 2012 e campeão brasileiro em 2018.

Único técnico a treinar o Palmeiras em 4 Libertadores. O que mais venceu na competição continental pelo alviverde com 24 triunfos. Único que chegou em duas finais (1999 e 2000). Único a vencer um título continental em 1999. Além de duas inesquecíveis e eternas eliminações sobre o nosso maior rival na competição continental.

Ele é o técnico que mais vezes comandou o alviverde na história do Campeonato Brasileiro com 209 partidas. Em 2018/19 registrou a inigualável marca de 33 partidas invictas na competição nacional. Um recorde absoluto na história palestrina.

Ele é o segundo técnico que mais treinou o Verdão em sua história, com 485 jogos, atrás apenas de Oswaldo Brandão. Foram 238 vitórias sob o seu comando!

Felipão revolucionou o jeito do Palmeiras jogar. Acostumado com o estilo acadêmico e cadenciado das Academias ou com o futebol espetáculo dos anos 90, Luiz Felipe Scolari implementou o futebol por resultados no Palestra. O Scolarismo é tão nosso, quanto o brilhantismo das Academias.

Obrigado Felipão! Temos enorme gratidão por tudo! O Palestra e os palestrinos te amam!

felipao

 

Anúncios
Padrão
Esportes

Javari de volta

Na manhã de domingo (21), as emoções do futebol estarão de volta a nossa velha e querida Mooca. O Juventus recebe o Xv de Piracicaba, às 10h, no mitíco e lendário estádio Conde Rodolfo Crespi, na rua Javari, pela segunda rodada do Campeonato Paulista da Série A-2.

O Moleque Travesso estreou na competição com derrota fora de casa no meio de semana para a Votuporanguense pelo placar de 3 a 2 e diante de sua fanática e apaixonada torcida vai em busca da reabilitação.

Juventus x Xv Piracicaba

Duas das mais tradicionais equipes do futebol paulista, Juventus e Xv Piracicaba se enfrentaram apenas cinco vezes pelo Campeonato Paulista da Série A-2 ao longo da história. O Moleque Travesso ostenta um tabu de nunca ter perdido para o seu adversário na competição, com três vitórias e dois empates.

No último encontro realizado no ano passado em Piracicaba, as equipes ficaram no empate sem abertura no placar.

André Dias recordista

O site oficial do Juventus anunciou que na partida diante do Xv de Piracicaba, o goleiro André Dias completará 100 jogos com a camisa juventina. Consultamos a assessoria de imprensa do clube que nos informou que tais números foram fornecidos pelo próprio atleta.

Entretanto, de acordo com as súmulas oficiais da FPF, esse será o jogo de número 99 do jogador com a camisa juventina (contando partidas amistosas, jogos do Campeonato Paulista e Copa Paulista).

O jogador estreou pelo time da Mooca em 2 de fevereiro de 2014, na vitória por 1 a 0  contra a Matonense, pelo Campeonato Paulista da Série A-3, em Matão.

Um dos momentos mais marcantes de sua carreira para o torcedor juventino foi no ano de 2015, quando evitou cinco penalidades consecutivas (três defesas e duas bolas fora) e se consagrou como ídolo grená.

Atualmente, é o atleta do atual elenco profissional juventino com maior tempo de casa e jogos disputados. Confira os números de André Dias, ano a ano, pelo Juventus:

2014 – 25 jogos disputados
2015 – 32 jogos disputados
2016 – 26 jogos disputados
2017 – 14 jogos disputados
2018 – 1 jogo disputado
Total – 98 jogos

Juventus na Série A-2

Em 2018 é a décima terceira vez que o Juventus disputa o Campeonato Paulista da Divisão de Acesso (hoje denominado Série A-2). A primeira participação do Moleque Travesso aconteceu em 1928 e de lá para cá, a equipe avinhada foi campeã em 1929 e 2005 e vice-campeã em 1994.

Na edição de 1994 o atacante juventino Cuca terminou como o artilheiro do torneio, sendo a única vez que um jogador do time da Mooca conquistou tal feito na disputa.

A fanática torcida grená sonha com o acesso à elite do Estadual, onde o Juventus está afastado desde 2008, amargando seu maior calvário sem participações na série principal do futebol paulista de toda a sua gloriosa história.

Números Gerais do Juventus no Paulista A-2

Jogos: 266
Vitórias: 117
Empates: 62
Derrotas: 87
Gols Pró: 420
Gols Contra: 354

Maior goleada a favor: 30/4/2005 Juventus 8×1 Matonense
Maior goleada sofrida: 31/3/2013 Juventus 0x7 Comercial de Ribeirão Preto

*** Em caso de reprodução dos dados acima, é obrigatório dar os créditos das informações ao autor Fernando Razzo Galuppo e seu respectivo blog pessoal ***

juve

Padrão
Esportes

Sete juízes em campo

O dia 19 de julho de 1936 entrou para a história do futebol paulista, como sendo a primeira vez que sete juízes atuaram na condução de uma competição oficial na capital paulista.

O fato inédito e pitoresco aconteceu no Torneio Início do Campeonato Paulista da Associação Paulista de Esportes Atléticos (APEA), no extinto campo da A.A.São Bento, na Ponte Grande, Zona Norte da cidade de São Paulo.

Os juízes eram assim distribuídos: um árbitro central, 2 juizes de meta e 4 juizes de linha, um em cada metade do gramado e em lados opostos.

A razão de haver o número exagerado de árbitros, deu-se pelo fato do número reduzido de equipes que disputaram o torneio, frustrando a expectativa dos organizadores, que se programaram para um grande evento.

Cinco clubes apenas apresentaram-se ao torneio, no qual foi disputado o bronze “Helle Nice”, ofertado pelo consul da França, sr. De Martin, o qual deu o pontapé inicial da partida final. Foram eles: São Caetano, Ypiranga, Portuguesa de Desportos, Ordem e Progresso e Humberto Primo.

Era um período de cisão entre as entidades organizadoras no futebol paulista. A APEA organizou dois Campeonatos Paulistas com a ausência das grandes equipes, como o Palmeiras, Santos e Corinthians, São Paulo, em 1935 e 1936, que disputavam um Paulistão pela Liga Paulista de Futebol que era apoiada pela CBD (Confederação Brasileira de Desportos). A APEA não resistiu e fechou, sendo sucedida pela concorrente Liga de Futebol do Estado de São Paulo.

Na decisão da competição, o modesto Esporte Clube Humberto Primo (atual Esporte Clube Vila Mariana) sagrou-se campeão ao vencer a favorita e tradicional Portuguesa de Desportos, por 2 a 1, sob o comando do árbitro central Heitor Marcelino Domingues, ex-jogador e maior artilheiro da história do Palestra Itália (Palmeiras).

O troféu existe até hoje e está preservado na sede social do Esporte Clube Vila Mariana (atual denominação do Esporte Clube Humberto Primo, que teve que mudar seu nome devido a Segunda Guerra Mundial), localizado na Rua Domingos de Morais 1.768.

Ficha técnica da partida final:

Humberto Primo 2×1 Portuguesa de Desportos
Campo: A.A.São Bento (Ponte Grande)
Gols: Omar, Chemp (HUM); Duilio (POR)
Humberto: Roberto, Ernesto, Rebizzi, Barolo, Meudo, Isaias, Pedrinho, Omar, Dempsey, Chemp, Figurado.
Portuguesa: Rodrigues, Fiorotti, Oswaldo, Manduco, Duilio, Barros, Frederico, Carioca, Arnaldo, Alberto, Emilio.

Confira as escalações das equipes participantes do torneio:

São Caetano: Figueira, Rossi, Martorelli, Reis, Mesquita, Bizueta, Marinotti,  Firmo, Anilu, Zeca, Lela

Portuguesa: Rodrigues, Fiorotti, Oswaldo, Manduco, Duilio, Barros, Frederico, Carioca, Arnaldo, Alberto, Emilio

Humberto I: Roberto, Ernesto, Rebizzi, Barolo, Meudo, Isaias, Pedrinho, Omar, Dempsey, Chemp, Figurado

Ordem e Progresso: Belmiro, Italiano, Orlando, Marcello, Lagreca, Gino, Nene, Mariano, Juca, Waldomiro, Arnoldo

Ypiranga: Tuffy, Rovay, Archangelo, Pepe, Americo, Raphael, Figueiredo II, Avelino, Murza, Jorginho,  Figueiredo I.

untitled

 

Padrão
Esportes

Pintando o Sete

O choque-rei na manhã desse domingo (13) vencido pelo Palmeiras pelo placar de 2 a 0 pelo Campeonato Paulista, no estádio do Pacaembu, entrou para a história do Verdão como a sua maior sequência de jogos sem perder para o Tricolor Paulista em jogos válidos pelo Estadual.

Desde 2010 o time palmeirense acumula sete partidas invictas contra o time do Morumbi, sendo 4 vitórias e 3 empates.

O recorde atual também registra o maior período (em anos) sem perder para os são paulinos na competição. São seis anos consecutivos que o Palmeiras se mantém invicto contra o seu tradicional rival, fato inédito na vida palestrina em Estaduais.

Anteriormente, o recorde de jogos sem perder para o São Paulo Futebol Clube no Paulistão havia sido seis partidas seguidas por duas ocasiões, justamente nos períodos da Primeira e Segunda Academia, nos anos 60 e 70, respectivamente.

A primeira fase invicta aconteceu de 8/8/1965 a 3/12/1967 (com 4 vitórias do Palmeiras e 2 empates). A segunda fase aconteceu de 21/5/1972 a 10/11/1974 (com 1 vitória e 5 empates).

A vitória desse domingo também pôs fim a um incomodo tabu. O Verdão não ganhava um choque-rei como visitante há 14 anos.

Contando todos os confrontos entre as equipes, o Palmeiras não perde para os são-paulinos desde novembro de 2014 (4 partidas, com 3 vitórias alviverdes e 1 empate).

Confira a maior sequência invicta do Palmeiras contra o São Paulo pelo Paulistão:

21/2/2010 Palmeiras 2×0 São Paulo – Robert (2)
27/2/2011 Palmeiras 1×1 São Paulo – Adriano
26/2/2012 Palmeiras 3×3 São Paulo – Daniel Carvalho, Barcos (2)
10/3/2013 Palmeiras 0x0 São Paulo
02/2/2014 Palmeiras 2×1 São Paulo – Alan Kardec, Valdivia
25/3/2015 Palmeiras 3×0 São Paulo – Robinho, Rafael Marques (2)
13/3/2016 Palmeiras 2×0 São Paulo – Dudu, Robinho

simbolo-original

FORZA VERDÃO!!!

Padrão
Esportes

100 Gols de Edmundo

Edmundo, um dos maiores ídolos da história da Sociedade Esportiva Palmeiras, chegou a marca de 100 gols com a camisa do alviverde.

A marca centenária foi alcançada no jogo festivo de despedida do meia Alex, realizado no estádio Palestra Itália, no último dia 28 de março, que reuniu a equipe do Palmeiras 1999 contra um combinado dos amigos do Alex.

Atuando pela equipe do Palmeiras de 1999, o Animal foi às redes após conlcuir lindo passe de Evair e driblar o goleiro adversário, garantindo a vitória palmeirense pelo placar de 5 a 3.

Pelo Verdão, Edmundo marcou 99 gols em jogos oficiais e um gol em jogo extra-oficial. Entre as curiosidades de sua carreira, o Animal sempre que marcou gols no Corinthians, jamais perdeu atuando pelo time alviverde.

Edmundo é um dos poucos atletas na história do Palmeiras que anotou gols contra todos os principais clubes do eixo Rio-São Paulo.

Confira a lista completa dos 100 gols do Animal pelo Verdão:

Gols Data Adversário Competição
1 07/02/1993 Palmeiras 3 x 1 Santos Campeonato Paulista
2 14/02/1993 Palmeiras 2 x 0 Corinthians Campeonato Paulista
3 28/02/1993 Palmeiras 4 x 0 Portuguesa Campeonato Paulista
4 06/04/1993 Palmeiras 3 x 0 4 de Julho-PI Copa do Brasil
5 25/04/1993 Palmeiras 2 x 0 Ituano Campeonato Paulista
6 27/04/1993 Palmeiras 1 x 1 Grêmio-RS Copa do Brasil
7 29/04/1993 Palmeiras 3 x 0 Guarani-SP Campeonato Paulista
8 08/05/1993 Palmeiras 2 x 1 Xv de Piracicaba Campeonato Paulista
9 16/05/1993 Palmeiras 6 x 1 Rio Branco Campeonato Paulista
10 16/05/1993 Palmeiras 6 x 1 Rio Branco Campeonato Paulista
11 20/05/1993 Palmeiras 2 x 0 Guarani-SP Campeonato Paulista
12 22/05/1993 Palmeiras 1 x 0 Ferroviária Campeonato Paulista
13 02/06/1993 Palmeiras 4 x 1 Ferroviária Campeonato Paulista
14 11/07/1993 Palmeiras 3 x 0 Fluminense-RJ Torneio Rio-São Paulo
15 04/08/1993 Palmeiras 2 x 0 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
16 04/08/1993 Palmeiras 2 x 0 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
17 12/09/1993 Palmeiras 3 x 0 Sport Recife-PE Campeonato Brasileiro
18 12/09/1993 Palmeiras 3 x 0 Sport Recife-PE Campeonato Brasileiro
19 18/09/1993 Palmeiras 1 x 1 Grêmio-RS Campeonato Brasileiro
20 12/10/1993 Palmeiras 3 x 1 Guarani-SP Campeonato Brasileiro
21 30/10/1993 Palmeiras 3 x 1 Grêmio-RS Campeonato Brasileiro
22 30/10/1993 Palmeiras 3 x 1 Grêmio-RS Campeonato Brasileiro
23 06/11/1993 Palmeiras 3 x 2 Atlético-MG Campeonato Brasileiro
24 28/11/1993 Palmeiras 2 x 1 Remo-PA Campeonato Brasileiro
25 01/12/1993 Palmeiras 3 x 0 Guarani-SP Campeonato Brasileiro
26 04/12/1993 Palmeiras 2 x 0 São Paulo-SP Campeonato Brasileiro
27 19/12/1993 Palmeiras 2 x 0 Vitória-BA Campeonato Brasileiro
28 05/02/1994 Palmeiras 6 x 1 Ituano Campeonato Paulista
29 05/02/1994 Palmeiras 6 x 1 Ituano Campeonato Paulista
30 12/02/1994 Palmeiras 4 x 0 Portuguesa Campeonato Paulista
31 12/02/1994 Palmeiras 4 x 0 Portuguesa Campeonato Paulista
32 05/04/1994 Palmeiras 2 x 0 União São João Campeonato Paulista
33 05/04/1994 Palmeiras 2 x 0 União São João Campeonato Paulista
34 12/04/1994 Palmeiras 6 x 0 Bragantino Campeonato Paulista
35 12/04/1994 Palmeiras 6 x 0 Bragantino Campeonato Paulista
36 09/07/1994 Palmeiras 5 x 0 Jubilo Iwata-JAP Amistoso
37 09/07/1994 Palmeiras 5 x 0 Jubilo Iwata-JAP Amistoso
38 19/07/1994 Palmeiras 4 x 0 Nagoya-JAP Amistoso
39 19/07/1994 Palmeiras 4 x 0 Nagoya-JAP Amistoso
40 05/08/1994 Palmeiras 3 x 1 Videoton-HUN Copa Parmalat
41 17/08/1994 Palmeiras 3 x 1 Nautico-PE Campeonato Brasileiro
42 21/08/1994 Palmeiras 2 x 0 Internacional-RS Campeonato Brasileiro
43 24/08/1994 Palmeiras 5 x 1 União São João Campeonato Brasileiro
44 03/09/1994 Palmeiras 1 x 1 Fluminense-RJ Campeonato Brasileiro
45 18/09/1994 Palmeiras 4 x 1 Nautico-PE Campeonato Brasileiro
46 24/09/1994 Palmeiras 4 x 2 Paraná Clube-PR Campeonato Brasileiro
47 30/10/1994 Palmeiras 2 x 2 São Paulo-SP Campeonato Brasileiro
48 30/10/1994 Palmeiras 2 x 2 São Paulo-SP Campeonato Brasileiro
49 15/12/1994 Palmeiras 3 x 1 Corinthians Campeonato Brasileiro
50 08/02/1995 Palmeiras 5 x 0 Guarani-SP Campeonato Paulista
51 08/02/1995 Palmeiras 5 x 0 Guarani-SP Campeonato Paulista
52 11/02/1995 Palmeiras 2 x 2 América de Rio Preto Campeonato Paulista
53 17/02/1995 Palmeiras 2 x 1 ABC-RN Copa do Brasil
54 21/02/1995 Palmeiras 3 x 2 Grêmio-RS Libertadores da América
55 24/02/1995 Palmeiras 3 x 1 Araçatuba Campeonato Paulista
56 24/02/1995 Palmeiras 3 x 1 Araçatuba Campeonato Paulista
57 04/03/1995 Palmeiras 1 x 0 Ferroviária Campeonato Paulista
58 18/03/1995 Palmeiras 2 x 1 Novorizontino Campeonato Paulista
59 24/03/1995 Palmeiras 1 x 0 ABC-RN Copa do Brasil
60 28/03/1995 Palmeiras 2 x 1 Emelec-EQU Libertadores da América
61 28/03/1995 Palmeiras 2 x 1 Emelec-EQU Libertadores da América
62 04/04/1995 Palmeiras 7 x 1 El Nacional-EQU Libertadores da América
63 04/04/1995 Palmeiras 7 x 1 El Nacional-EQU Libertadores da América
64 06/04/1995 Palmeiras 3 x 0 Ponte Preta Campeonato Paulista
65 18/01/2006 Palmeiras 1 x 0 São Bento Campeonato Paulista
66 28/01/2006 Palmeiras 4 x 0 Portuguesa Santista Campeonato Paulista
67 01/02/2006 Palmeiras 4 x 2 Deportivo Tachira-VEN Libertadores da América
68 05/02/2006 Palmeiras 2 x 4 São Paulo-SP Campeonato Paulista
69 22/02/2006 Palmeiras 4 x 3 Juventus Campeonato Paulista
70 02/03/2006 Palmeiras 3 x 2 Atlético Nacional-COL Libertadores da América
71 11/03/2006 Palmeiras 2 x 1 Portuguesa Campeonato Paulista
72 19/03/2006 Palmeiras 4 x 2 Ponte Preta Campeonato Paulista
73 16/04/2006 Palmeiras 2 x 3 Ponte Preta Campeonato Brasileiro
74 26/04/2006 Palmeiras 1 x 1 São Paulo-SP Libertadores da América
75 13/07/2006 Palmeiras 4 x 2 Vasco da Gama-RJ Campeonato Brasileiro
76 13/07/2006 Palmeiras 4 x 2 Vasco da Gama-RJ Campeonato Brasileiro
77 23/07/2006 Palmeiras 3 x 1 Goiás-GO Campeonato Brasileiro
78 29/07/2006 Palmeiras 4 x 2 Paraná Clube-PR Campeonato Brasileiro
79 17/08/2006 Palmeiras 1 x 1 Juventude-RS Campeonato Brasileiro
80 09/09/2006 Palmeiras 3 x 1 São Caetano Campeonato Brasileiro
81 08/10/2006 Palmeiras 3 x 1 Flamengo-RJ Campeonato Brasileiro
82 05/11/2006 Palmeiras 2 x 4 Paraná Clube-PR Campeonato Brasileiro
83 12/11/2006 Palmeiras 2 x 1 Botafogo-RJ Campeonato Brasileiro
84 04/02/2007 Palmeiras 3 x 3 Santos Campeonato Paulista
85 04/03/2007 Palmeiras 3 x 0 Corinthians Campeonato Paulista
86 04/03/2007 Palmeiras 3 x 0 Corinthians Campeonato Paulista
87 07/03/2007 Palmeiras 1 x 2 Noroeste Campeonato Paulista
88 11/03/2007 Palmeiras 4 x 1 Juventus Campeonato Paulista
89 11/03/2007 Palmeiras 4 x 1 Juventus Campeonato Paulista
90 18/03/2007 Palmeiras 4 x 2 Sertãozinho Campeonato Paulista
91 18/03/2007 Palmeiras 4 x 2 Sertãozinho Campeonato Paulista
92 24/03/2007 Palmeiras 3 x 2 Marilia Campeonato Paulista
93 29/03/2007 Palmeiras 2 x 0 América de Rio Preto Campeonato Paulista
94 01/04/2007 Palmeiras 1 x 3 São Paulo-SP Campeonato Paulista
95 08/04/2007 Palmeiras 2 x 2 Guaratingueta Campeonato Paulista
96 13/05/2007 Palmeiras 4 x 2 Flamengo-RJ Campeonato Brasileiro
97 13/05/2007 Palmeiras 4 x 2 Flamengo-RJ Campeonato Brasileiro
98 06/09/2007 Palmeiras 1 x 1 Botafogo-RJ Campeonato Brasileiro
99 02/12/2007 Palmeiras 1 x 3 Atlético-MG Campeonato Brasileiro
100 28/03/2015 Palmeiras 5 x 3 Amigos do Alex Amistoso

 

 t_73891_o-animal-olha-com-admiracao-para-os-37-mil-palmeirenses-no-adeus-de-marcosEdmundo honrou como poucos a camisa palmeirense. Ganhou títulos e se eternizou no coração da torcida alviverde como um dos maiores ídolos da história da Sociedade Esportiva Palmeiras

Padrão