Esportes

Palmeiras na Olímpiada

Foi realizada a convocação da Seleção Olímpica Brasileira de Futebol na manhã de quarta-feira (29) para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Entre os convocados, dois atletas da Sociedade Esportiva Palmeiras estão nessa relação: o goleiro Fernando Prass e o atacante Gabriel Jesus.

O Brasil luta pela inédita medalha de ouro na competição. Quatro atletas do Palmeiras em 1996 conquistaram a medalha de bronze pela seleção brasileira em Atlanta, nos Estados Unidos: Flávio Conceição, Amaral, Rivaldo e Luizão.

Confira a relação dos futebolistas alviverdes que representaram o Brasil nas Olímpiadas ao longo da história:

Roma 1960 – Paulinho Ferreira
Roma 1960 – Waldyr
Roma 1960 – Gil
Roma 1960 – Ivan
Toquio 1964 – Caravetti
Cidade do México 1968 – Jorge
Cidade do México 1968 – Moreno
Cidade do México 1968 – China
Cidade do México 1968 – Raul Marcel (G)
Munique 1972 – Celso
Montreal 1976 – Rosemiro
Atlanta 1996 – Flávio Conceição (medalha de bronze)
Atlanta 1996 – Amaral (medalha de bronze)
Atlanta 1996 – Rivaldo (medalha de bronze)
Atlanta 1996 – Luizão (medalha de bronze)
Sidney 2000 – Alex
Rio de Janeiro 2016 – Gabriel Jesus
Rio de Janeiro 2016 – Fernando Prass

simbolo-original

FORZA VERDÃO!!!

Padrão
Esportes

Só Prass. São Prass

Quando um goleiro é o destaque do time em todos os jogos é porque o time é fraco. Cansei de ouvir essa expressão dita por muitos boleiros com os quais convivi e convivo.

Isso cabe bem no atual momento do Palmeiras. Vivemos dos milagres de Fernando Prass em todos os jogos. Quando a sua santidade não está inspirada, logo o resultado também não aparece. De outro modo, é certeza de alegria e festa palestrina!

As fragilidades da equipe acabam estourando sempre no camisa 1 palestrino. Graças as suas qualidades, temos tido um relativo sucesso ou não amargamos derrotas acachapantes.

Em 2016, o  Palmeiras se resume a isso em todos os jogos em que atuou: O ataque não finaliza com qualidade. O meio não cria nada. A defesa é de dar dó. As laterais são fragéis. A tática do time não funciona. A individualidade não existe.

Repetimos, jogo após jogo, um futebol triste. Burocrático. Sem brilho.

No clássico diante do Santos, o Verdão não foi nem sombra daquele time vibrante da final da Copa do Brasil, contra o mesmo adversário, no mesmo palco e com quase todos os atletas que estiveram naquela épica decisão. Lá como cá, só uma coisa não mudou: o fator Prass!

O arqueiro alviverde manteve a sua regularidade e fez defesas imprescindíveis para a manutenção do empate.

Parece que ele está numa sintonia diferente dos demais elementos do elenco. Ou então, é o reflexo claro de que se trata do único atleta acima da média em termos técnicos que o Palmeiras dispõe em suas fileiras.

Para um time que tem pretensões de buscar títulos em todos os planos estaduais, nacionais e internacionais, como ouvimos e lemos nos discursos de apresentações de inúmeros contratados no início do ano: “Vim para ser campeão mundial pelo Palmeiras”, a prática não compactua com a ambição.

Um camisa 3 e um camisa 10 de qualidades incontestáveis resolveriam muitos dos nossos problemas. O time tem fragilidade no sistema defensivo absurda. E falta alguém que comande o jogo no meio campo e faça fluir a transição entre defesa e ataque com inteligência, cadencia e objetividade.

Com isso, creio que o futebol do Palmeiras cresceria. E poderíamos sonhar com algo mais, não apenas no discurso, mas dentro do campo de jogo.

Como as janelas de inscrições do Paulista e da Libertadores estão fechadas, creio que essas duas peças não virão à curto prazo. Mas a médio prazo, os comandantes alviverdes poderiam pensar com carinho na aquisição de dois valores que se encaixam nesse perfil: Alex (zagueiro do Milan) e Diego (meia do Fenerbahçe).

Dois jogadores consagrados. Com qualidades técnicas acima da média para o atual futebol brasileiro. Com experiência e perfil de vencedor por onde passaram.

Caso jogadores desse nível não se incorporarem num time formado por atletas medianos, cabe a nós vivermos só dos brilhos de Fernando Prass. Dos milagres de “São Prass” do Palestra Itália!

prass

FORZA VERDÃO!!!

 

Padrão
Artes, Esportes

Verdão lidera invicto

O Palmeiras manteve a liderança e a invencibilidade, tanto no Campeonato Paulista quanto no estádio do Pacaembu ao vencer o Ituano pelo placar de 1 a 0, na noite de quarta-feira (19), gol marcado pelo atacante Alan Kardec. Já são 19 partidas invictas no estádio municipal.

No Paulistão, são 9 partidas sem derrotas, o que garante ao alviverde a primeira colocação do Grupo D, com 23 pontos ganhos.

Os destaques da partida foram as atuações do goleiro Fernando Prass e do atacante Alan Kardec que, novamente, garantim o resultado positivo ao Verdão. A partida marcou também as estreias do volante Josimar e do meia Bruno César.

JUVENTUS EMPATA NO PAULISTA A-3

Na tarde de quarta-feira (19), o Juventus ficou no empate em 3 a 3 contra o Rio Preto, em partida válida pelo Campeonato Paulista da Série A-3, no estádio da Rua Javari.

A partida marcou a reestreia do técnico Luiz Carlos Ferreira no comando da equipe. Com um volume de jogo maior, o Moleque Travesso foi castigado no final da partida, quando sofreu o gol de empate aos 48 minutos do segundo tempo. Sob o comando de Ferreirão o time mostrou evolução, em relação as partidas anteriores.

Mesmo assim, o time da Mooca se mantém na 17º colocação com apenas 5 pontos ganhos, em seis jogos disputados, na zona de rebaixamento.

Os gols juventinos foram marcados por: Fernandinho, Renatinho e Dudu Mineiro. O público na Rua Javari foi de 402 pagantes

O Juventus jogou com: Fernando Henrique (G), Maurício, Maurício Carvalho, Cícero, Netinho (Rafael Branco), Lucas Pavone, Renatinho (William), Derli, Dudu Mineiro, Romarinho, Fernando Rossi (Fernandinho). Tecnico: Luiz Carlos Ferreira

O próximo encontro do time grená será domingo (23), às 15h30, contra o Noroeste, em Bauru.

CHAPA UVB FAZ EVENTO NO PALMEIRAS

 Na quinta-feira (20), a partir das 19h30, a Chapa União Verde e Branco realiza evento na Sociedade Espotiva Palmeiras. O local do encontro será na churrasqueira do Conjunto Aquático do clube. Em pauta  estarão os seguintes temas:
– A UVB e a construção da ALIANÇA pela INOVAÇÃO. Os apoios recebidos e a chapa de disputa para as ELEIÇÕES DIRETAS EM OUTUBRO de 2014;
– Pilares de luta para a INOVAÇÃO no PALMEIRAS e plano de governo;
– Campanha “traga um associado participativo para a UVB” e a importância dos conselheiros;
– Nossa linha de ação dentro do clube e as reuniões setoriais realizadas por Wlademir Pescarmona;
– Luiz Gonzaga Belluzzo;
 Confraternização com comida INCLUSA e bebidas OPCIONAIS com caixa do Palmeiras no local.
TAXA ADESÃO FACULTATIVA : R$ 20,00 (VINTE REAIS)
FADO EM DESTAQUE NO CLUBE PORTUGUÊS

O Departamento de Cultural do Clube Português de São Paulo cconvida a todos para apresentação única com Ciça Marinho e Sérgio Borges. A dupla de fadistas apresentará várias modalidades do fado no domingo (23), às 16h.

Entrada gratuita, rua Turiassu 59, em Perdizes.

convite ciça e sérgio

Padrão