Esportes

Derby Centenário

Entrevista concedida a TV Bandeirantes – Programa Donos da Bola 19/01/2017

Centenário do Derby Paulista

Clique no link abaixo para assistir:

http://esporte.band.uol.com.br/osdonosdabola/videos/2016/01/19/16118992/palmeiras-e-corinthians-completam-cem-anos-de-rivalidade.html

palmeiras-x-Corinthians

Anúncios
Padrão
Esportes

Centenário em números

No ano do seu primeiro centenário a Sociedade Esportiva Palmeiras demonstrou a sua tradicional força poliesportiva, elevando e dignificando o nome do clube nas mais diversas modalidades.

Confira os principais títulos conquistados pelo alviverde em 2014:

ARCO E FLECHA

Jogos Sul-Americanos de Santiago no Chile (equipe mista)
Campeonato Brasileiro Outdoor (por equipes)

ATLETISMO

5ª corrida Eu Quero a Paz – Piracicaba (atleta – Gilson Miranda)
Circuito Delta Ipiranga (atleta – Gilson Miranda)
Circuito das Estações (atleta – Gilson Miranda)
Prova 24 Horas da Virada Esportiva de São Paulo (atleta – Silvia Vinhal)
Maratona Revezamento Ayrton Senna (atletas – Gilson Miranda e Francisco Carlos da Silva)

BASQUETE

Campeão da Grande São Paulo – sub-12
Campeão Estadual – sub-12
Campeão Estadual – sub-15

BOCHAS

Campeão Paulista Feminino
Campeão Paulista Primavera Feminino

BOXE

Campeão Paulista Juvenil (por equipes)
Campeão Brasileiro Juvenil (atleta – Vinicius Barros – categoria 75kg)
Copa Lisoboxe (por equipes)
Copa dos Campeões (por equipes)

FUTEBOL DE MESA

Campeão Brasileiro (atleta – Jefferson do Amaral Genta)
Taça São Paulo (atleta – Jefferson do Amaral Genta)
Campeão Sul-Americano (atleta – Jefferson do Amaral Genta)

FUTSAL

Campeão Estadual – sub-8
Campeão Metropolitano – sub-16
Taça dos Invictos – sub-8

GINÁSTICA AERÓBICA

Torneio Estadual (por equipes)
Copa São Paulo (por equipes)
Campeão Brasileiro Adulto (trios)

LEVANTAMENTO DE PESO

Copa Paulista Juvenil
Copa Paulista Adulto Feminino
Copa São Paulo Juvenil
Copa São Paulo Adulto Feminino
Campeão Paulista Juvenil
Campeão Paulista Adulto Feminino
Campeão Paulista Adulto Masculino
Torneio Nacional Juvenil
Torneio Nacional Adulto Feminino
Torneio Nacional Adulto Masculino

JUDÔ

Campeão Brasileiro da Região V – Senior Feminino – categoria médio (atleta – Talita Liborio Morais)
Campeão Brasileiro da Região V – Senior Feminino – categoria pesado (atleta – Riva Coelho)
Circuito Pan-Americano – (atleta – Vitor Hugo Carvalho)
Campeonato Pan-Americano – (atleta – Vitor Hugo Carvalho)
Campeão Brasileira – Sub-23 Feminino – categoria médio (atleta – Talita Liborio Morais)

KARATÊ

Campeão Paulista –  (atleta – Jair Davanso – Categoria Master – Kata)
Campeão Paulista – (atleta – Manuela Castellini Galiotte – Categoria mirim: de 6 a 7 anos – Kata)

PATINAÇÃO ARTÍSTICA

Copa Pan-Americana de Clubes (6 medalhas de ouro)
Campeonato Paulista (3 medalhas de ouro)
Torneio Estadual (8 medalhas de ouro)
Campeonato Brasileiro (1 medalha de ouro)
Torneio Nacional (6 medalhas de ouro)
Copa Interamericana (6 medalhas de ouro)

TÊNIS

17 medalhas individuais em torneio oficiais da FPT
Campeão Paulista Interclubes (Terceira Classe Masculino)
Campeão Estadual (Categoria 3 – Feminino)
Campeão Estadual (Categoria 4 – Feminino)

TÊNIS DE MESA

Campeão Brasileiro Feminino (por equipes)
Jogos Abertos do Interior Feminino (por equipes)
Jogos Abertos do Interior Feminino (duplas)

FUTEBOL  – CATEGORIA DE BASE

Campeão I Copa Adalberto Mendes (sub-10)
Vice-Campeão Paulista FPF (sub-11)
Campeão I Copa Adalberto Mendes (sub-12)
Vice-Campeão Paulista FPF (sub-17)
Campeão do Torneio do Qatar (sub-17)
Campeão do Troféu Oberdan Cattani (Veteranos)
Campeão do Troféu Heitor Marcelino (Veteranos)

21 convocações de atletas para as seleções brasileiras de base em 2014

FUTEBOL – PROFISSIONAL

Campeão da Copa Euroamericana (Troféu Julio Botelho)

Jogos: 64
Vitórias: 29
Empates: 9
Derrotas: 26
Gols Pró: 75
Gols Contra: 79
Saldo: -4

Artilheiro da temporada: Henrique – 18 gols marcados
Maior Goleada a favor: Palmeiras 4×1 Atlético Sorocaba-SP – 26/1
Maior Goleada sofrida: Palmeiras 0x6 Goiás-GO – 21/9
Estádio onde mais atuou: Pacaembu – 31 vezes
Atleta que mais atuou: Marcelo Oliveira – 53 jogos
Adversário que mais enfrentou: Atlético-MG – 4 vezes
Técnico que mais comandou: Gilson Kleina – 23 jogos
Partida com maior público: 29/11 – Palmeiras 1×3 Internacional-RS – 41.148 pagantes

Ao fim da temporada 2014, nesses seus 100 anos de história, os números totais do futebol profissional palmeirense apontam o seguinte:

Jogos: 5.761
Vitórias: 3.082
Empates: 1.410
Derrotas: 1.269
Gols pró: 11.254
Gols contra: 6.542

simbolo-original

VIVA A SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS!

Que em 2015 nosso querido alviverde seja ainda mais iluminado e vitorioso!

Padrão
Esportes

Verdão perde invencibilidade

Com um jogo prevísivel, desfalquesv e erros individuais o Palmeiras perdeu a sua invencibilidade ao ser derrotado pelo placar de 3 a 1, pelo Botafogo de Ribeirão Preto, em partida válida pelo Campeonato Paulista, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, na noite de domingo (23).

A última derrota do alviverde para uma equipe do interior paulista, fora de casa, aconteceu em 21 de abril de 2013, quando o Verdão perdeu por 2 a 1, para o Ituano no estádio Novelli Jr., em Itú, pelo Campeonato Paulista

Mesmo com a derrota, o Palmeiras continua líder do seu Grupo, com 23 pontos ganhos, e muito próximo da classificação à próxima fase.

O próximo jogo do Verdão será na quinta-feira (27), às 19h30, contra o São Bernardo, no estádio do Pacaembu.

JUVENTUS GOLEIA NA SÉRIE A-3

O Moleque Travesso foi até a cidade de Bauru na tarde de domingo (23) e não tomou conhecimento do Noroeste local, ao vencê-lo pelo placar de 3 a 0, em partida válida pelo Campeonato Paulista da Série A-3, no estádio Alfredo Castilho.

Os gols juventinos foram marcados por: Renatinho, Eduardo, Rafael Branco. Com a vitória, o Juventus ocupa a 13º colocação com oito pontos ganhos.

A partida marcou a estreia de seis novos jogadores com a camisa do time da Mooca. Foram eles:  Rafael (goleiro), Marcelo Santos (lateral), Lucas Louzã (volante), Eduardo (atacante), Moisés (meia) e Osny (atacante).

O técnico Luiz Carlos Ferreira levou a campo a seguinte formação: Rafael (G), Mauricio, Maurício Carvalho, Cícero, Marcelo Santos, Lucas Louzã, Derli, Lucas Pavone, Eduardo (Osny), Moisés (Rafael Branco), Renatinho (Fernandinho).

A próxima partida do Juventus será diante da Francana, na Rua Javari, quarta-feira (26), às 15h.

BASQUETE DO VERDÃO FAZ JOGO BENEFICENTE

O basquete do Palmeiras joga pelo NBB 6 na próxima terça-feira (25), contra o Universo/Goiânia, às 20h, no ginásio do Palestra Italia, e aproveitará a partida para realizar uma ação beneficente, com a venda de ingressos para o jogo em prol do torcedor Lucas Neres, que mora em Brasília-DF, e sofre de insuficiência respiratória – provocada por uma doença chamada bronquiolite obliterante.

Vamos apoiar essa boa causa e comparecer no ginásio!

AÇÃO BENEFICENTE – VENDA DE INGRESSOS PARA O JOGO PALMEIRAS/MELTEX X UNIVERSO/GOIÂNIA DIA: 25/02/2014, terça-feira HORÁRIO: 20h00 LOCAL: Ginásio Palestra Italia

ONDE COMPRAR OS INGRESSOS

BILHETERIAS DO PALESTRA ITALIA (AV. FRANCISCO MATARAZZO) – A partir de sábado (22), das 10h às 17h; LOJA ACADEMIA STORE (RUA AUGUSTA, Nº 2.078 – JARDIM PAULISTA) – Sábado (22), segunda (24) e terça-feira (25), das 9h às 20h; domingo (23), das 10h às 18. VALOR: R$10

RÁDIO GAZETA AM – CENTENÁRIO  PALMEIRAS

Dando continuidade à série de reportagens sobre o centenário do Palmeiras, o quarto capítulo do especial aborda a história do Verdão, nessa terça-feira (25), a partir das 12h20, no programa Disparada no Esporte.

Confira através do 890 AM, ou através do site http://www.gazetaam.com/

Padrão
Esportes

Centenário – 100 Atos (Parte 5)

Três clubes que compõem a Série A e B do Campeonato Brasileiro em 2014 possuem alguma relação histórica com a Sociedade Esportiva Palmeiras: Goiás, Cruzeiro e Paraná Clube.

Goiás

Lino Barsi, idealizador, organizador e fundador do Goiás Esporte Clube nasceu em Sant’Ana dos Olhos D’Água, hoje Ipuã, no Estado de São Paulo, próxima a São Joaquim da Barra e Ribeirão Preto. Ainda menino foi para Goiás.
Antes da fundação do Goiás, Lino Barsi assistia aos jogos do Atlético e Goiânia sem, contudo, simpatizar-se com nenhum dos dois. Ele tinha muito amor pela cor verde. Era intenção de Lino Barsi dar ao nome do Goiás de Palestra Itália numa referência ao Palmeiras de São Paulo e Cruzeiro de Belo Horizonte, visto que ele era descendente de italianos. Ele foi voto vencido e, então, concordou com os demais pioneiros do clube que recebeu o nome de Goiás Esporte Clube, porém sua vontade foi respeitada quanto às cores verde e branca e o mascote periquito.

Cruzeiro

No início do século XX, a colônia italiana de Belo Horizonte tentava, sem sucesso, formar um time de futebol que pudesse disputar os torneios locais. Pouco depois, foi a vez do Palestra Brazil (1918), que nem chegou a ser implantado, ficando apenas no projeto.
Em 1920, aproveitando a presença do cônsul italiano na capital mineira, alguns desportistas da colônia levaram-lhe a ideia da criação do clube, nos mesmos moldes do Palestra Itália, de São Paulo, o atual Palmeiras. A resolução foi acertada depois que algumas das principais ‘famílias italianas’, principalmente as abastadas, se prontificarem a participar do projeto de fundação do clube, que deveria representar a colônia em Belo Horizonte. Na fábrica de materiais esportivos e calçados de Agostinho Ranieri, situada à rua dos Caetés, ficou decidida a fundação do clube que deveria fazer frente aos três grandes da capital: Atlético Mineiro, América e Yale. Nascia, naquele momento, a Società Sportiva Palestra Itália, criada no dia 2 de janeiro de 1921.

Paraná Clube

No Paraná houve um Palestra Itália Futebol Clube, fundado em 1921, que fundiu-se com o Britânia Sport Club e com o Clube Atlético Ferroviário em 1971 para dar origem ao Colorado Esporte Clube. O Colorado, por sua vez, fundiu-se ao Esporte Clube Pinheiros, formando o Paraná Clube em 1989.

BASQUETE DO VERDÃO FAZ JOGO BENEFICENTE

O basquete do Palmeiras joga pelo NBB 6 na próxima terça-feira (25), contra o Universo/Goiânia, às 20h, no ginásio do Palestra Italia, e aproveitará a partida para realizar uma ação beneficente, com a venda de ingressos para o jogo em prol do torcedor Lucas Neres, que mora em Brasília-DF, e sofre de insuficiência respiratória – provocada por uma doença chamada bronquiolite obliterante.

Vamos apoiar essa boa causa e comparecer no ginásio!

AÇÃO BENEFICENTE – VENDA DE INGRESSOS PARA O JOGO PALMEIRAS/MELTEX X UNIVERSO/GOIÂNIA DIA: 25/02/2014, terça-feira HORÁRIO: 20h00 LOCAL: Ginásio Palestra Italia

ONDE COMPRAR OS INGRESSOS

BILHETERIAS DO PALESTRA ITALIA (AV. FRANCISCO MATARAZZO) – A partir de sábado (22), das 10h às 17h; LOJA ACADEMIA STORE (RUA AUGUSTA, Nº 2.078 – JARDIM PAULISTA) – Sábado (22), segunda (24) e terça-feira (25), das 9h às 20h; domingo (23), das 10h às 18. VALOR: R$10

JUVENTUS SE REFORÇA PARA A SÉRIE A-3

O técnico Luiz Carlos Ferreira, que assumiu o Juventus na última quarta-feira (19), ganhou cinco reforços para a disputa do Campeonato Paulista da Série  A-3. Os destaques ficam por contam do veterano atacante Osny e do volante Lucas Louzã, que é irmão do atacante MG.

Confira a relação dos atletas:

Osny – 37 anos – atacante
Nome completo: Osny Almeida Pereira
Clube anterior: Internacional de Bebedouro

Marcelo Santos – 27 anos – lateral-direito
Nome completo: Marcelo dos Santos
Clube anterior: Santo André

Moisés – 23 anos – meia
Nome completo: Moisés Mendes Biancardi
Clube anterior: Rio Claro

Adriano – 26 anos – atacante
Nome completo: Adriano de Oliveira Santos
Clube anterior: Noroeste

Lucas Louzã – 23 anos – volante
Nome Completo: Lucas Rodrigo Louzã
Clube anterior: Monte Azul

BRESCIA PERDE NO ITALIANO SÉRIE B

Na tarde de sexta-feira (21), o Brescia foi derrotado pelo Crotone pelo placar de 1 a 0, fora de casa, em partida válida pelo segundo turno do Campeonato Italiano Série B.

O Brescia atuou com a seguinte formação: Cragno; Paci, Coletti, Di Cesare; Mandorlini, Benali (Rubén Olivera), Budel(Valotti), Grossi, Scaglia; Corvia (Kukoc), Caracciolo. TécnicoBergodi.

A próxima partida será no dia 1 de março contra o Carpi, no estádio Mario Rigamonti, em Brescia.

Padrão
Artes, Esportes, Italianidade

Escritor italiano lança livro em homenagem ao Palmeiras

O escritor, professor e pesquisador italiano, Vincenzo Fratta, fez uma belíssima obra que retrata a história do Palestra Itália, de 1914 a 1942, que será lançada em maio, na Itália, em homenagem ao centenário do clube alviverde.

Com o titulo provisório «Vincere in Brasile con il Tricolore. La Palestra Itália di San Paolo 1914-1942», a obra é a primeira do gênero a retratar um clube brasileiro em língua italiana e ser editada em solo europeu.

Confira a entrevista exclusiva de Vincenzo Fratta ao blog:

Conte um pouco sobre você. Quem é o Vincenzo Fratta? Faça uma breve apresentação?
Vincenzo Fratta:
Fui muitos anos vereador e prefeito de um dos dezenove Municípios (subprefeituras) da cidade de Roma, na Itália. Sempre me interessei por história e cultura, colaborando com vários jornais e revistas. Depois de uma viagem ao Brasil em 2006 decidi aprender o português e logo depois comecei a ler livros nesse idioma e estudar a história do Brasil, com atenção às relações com a Itália. Aqui são muitas as pessoas que gostam da música brasileira e que admiram os seus craques de futebol, mas muito poucos aqueles que conhecem a história desse país e as grandes ligações que esse possui com a Itália.

Fale da sua paixão pelo Palestra Itália-Palmeiras?
VF:
Em 2011 publiquei um ensaio sobre o Brasil na década de 30. Estudando para esse trabalho o papel dos imigrantes italianos naquela época, descobri o Palestra Itália, com a sua importância pelo desenvolvimento do futebol brasileiro e também pelo crescimento da comunidade italiana em São Paulo. Com surpresa ia aprendendo as dificuldades que essa teve nos anos 1938-1945 pela escolha do presidente Vargas de participar na Segunda Guerra Mundial ao lado dos Estados Unidos. Com admiração, li às páginas gloriosas que levaram em 1942 ao nascimento do Palmeiras.

Como surgiu a ideia de fazer uma obra em italiano sobre o Palestra?
VF:
Na Itália todos os apaixonados por futebol conhecem o Palmeiras e os outros principais times do futebol brasileiro, mas quase ninguém sabe da sua origem entre a comunidade italiana nem do papel desenrolado na primeira fase do futebol, nem quanto o Palestra Itália contribui para a profissionalização desse esporte e para o nascimento das torcidas. Ninguém conhece os nomes dos grandes craques da primeira geração do Palestra Itália, como Heitor e Bianco, das artífices das vitorias dos anos Trinta, como Romeu Pelliciari e Imparato, ou a história do goleiro Oberdan Cattani e dos outros dez heróis da Arrancada Heróica de 1942. O ano do centenário da Sociedade Esportiva Palmeiras e da Copa do Mundo no Brasil me pareceu o melhor momento para contar esta gloriosa epopeia ao publico italiano. O livro, com o titulo provisório «Vincere in Brasile con il Tricolore. La Palestra Itália di San Paolo 1914-1942» está na editora e vai ser lançado no mês de maio. Preciso sublinhar que pela minha tarefa foram de grande ajuda os valiosos trabalhos que o Fernando Galuppo fez sobre o Palestra-Palmeiras.

Fale sobre literatura esportiva na Itália. Há muita variedade de obras a respeito do tema?
VF:
Como no Brasil também no meu país o futebol é um esporte muito amado e muito seguido. Assim tem muito espaço nos meios de comunicações. Além dos programas televisivos, radiofônicos e vários jornais esportivos, existem muitas editoras especializadas em livros esportivos, a maioria dos quais é dedicada ao futebol.

No ano centenário do Palestra Itália, qual é a sua expectativa?
VF:
Ainda mais que uma expectativa eu tenho um sonho… Que assim como em 1920,  quando o Palestra ganhou o seu primeiro título no Parque Antártica recém-adquirido, o Palmeiras consiga ganhar o Brasileirão na sua nova Arena!

Na Copa do Mundo, qual é  o seu prognóstico? Itália e Brasil são favoritos?
VF:
Fazer prognósticos é sempre muito arriscado. Mas é claro que o Brasil pela força do seu time e pela circunstancia de jogar em casa é o maior favorito. Além da Seleção Brasileira eu indicaria Espanha, Alemanha e também Itália. Apesar de não serem reputados entre os favoritos, os Azzurri são uma boa equipe e a experiência nos ensina que se a Itália parte com o pé-direito pode chegar muito longe.

Imagem

Vincenzo Fratta, escritor italiano, é o primeiro autor a retratar a história do Palestra Itália em língua italiana

JUVENTUS JOGA NA JAVARI COM NOVO TREINADOR

Luis Carlos Ferreira, um velho conhecido da  torcida juventina, está de volta ao time da Mooca. Essa será a terceira passagem do treinador no Moleque Travesso. Em 2012,  Ferreirão conseguiu o acesso para a Série A-2 e tentará repetir o feito novamente. Na sua segunda passagem, de forma relâmpago, em 2013, não conseguiu salvar a equipe do rebaixamento à Série A-3.

Ferreira possui o seguinte retrospecto no comando juventino: 40 jogos, 15 vitórias, 13 empates e 12 derrotas.

A sua estreia, provavelmente, já acontecerá na tarde de quarta-feira (19), às 15h, no estádio Conde  Rodolfo Crespi, na Rua Javari, onde o Juventus encara o Rio Preto, pela sexta rodada do Campeonato Paulista da Série A-3.

Em toda a história do confronto entre as equipes foram realizados  7  jogos, com 4 vitórias juventinas e 3 derrotas. No último encontro entre as equipes no estádio da Rua Javari, realizado em 13 de outubro de 2013, o Juventus goleou o Rio Preto pelo placar de 4 a 1, em partida válida pela Copa Paulista de Futebol.

Padrão
Esportes

Tabu mantido no Derby

Alguns pitacos sobre o clássico entre Palmeiras e Corinthians desse domingo (16), no estádio do Pacaembu.

Pontos Positivos:
Palmeiras manteve invencibilidade no Campeonato Paulista, além da liderança da competição;
Palmeiras segue invicto também no estádio do Pacaembu. São 18 jogos sem derrotas no estádio Municipal. O último revés alviverde no palco da municipalidade foi em 14 de maio de 2013, 2 a 1 para o Tijuana-MEX, pela Copa Libertadores da América;
Atuação do goleiro Fernando Prass;
Alan Kardec garantiu a sua convocação à seleção brasileira. Agora, falta conquistar sua vaga na Copa do Mundo!

Pontos Negativos:
Os incomodos tabus contra o rival continuam. Já são seis partidas sem vencê-los e 18 anos sem vitórias no Pacaembu;
Perdemos uma grande chance de afundá-los. Mas, mais uma vez, deixamos a desejar e entramos em campo “em paz”;
Gilson Kleina armou muito mal a equipe, prejudicando o desempenho individual e tático da equipe;
Nossa direção poderia ter pleiteado o tobogã para a nossa torcida, pois a torcida rival ficou bem longe de lotar o municipal, devido a má fase do time.

JUVENTUS PERDE E TÉCNICO CAI

Na manhã de domingo (16), o Juventus foi surpreendido pela Santacruzense em plena Rua Javari e foi derrotado pelo placar de 3 a 1, em partida válida pelo Campeonato Paulista da Série A-3.

Com a derrota, o técnico juventino Serginho entregou o cargo logo após a partida, em entrevista concedida a Webrádio Mooca. Cogita-se que o novo técnico grená seja Luis Carlos Ferreira ou o ex-atleta Jamelli, segundo a própria Webrádio Mooca.

Sem vencer em seus dominios em Campeonatos Paulista há um ano, era notório o clima de intranquilidade da equipe juventina no início da partida. Os jogadores entraram em campo inseguros e sentiram a pressão de ter que vencer em casa. Após a abertura do placar pelo time da Santacruzense, aí a derrocada foi completa.

O time do interior paulista abriu 3 a 0 no placar e controlou a partida. O meia do Juventus, Jhonatan, perdeu uma penalidade máxima aumentado ainda mais o drama do time da Mooca. Sassá anotou o único gol do time grená.

O Juventus formou com: Fernando Henrique (G), Rafael Branco (Romarinho), Maurício Carvalho, Leonardo, Cícero (Sassá), Fernando Rossi, Netinho, Ricardinho, Renatinho (Yuri), Jhonatan, Fernandinho. Técnico: Serginho

O público presente foi de 926 pagantes.

O próximo confronto do Juventus na competição acontece na quarta-feira (19), às 15h, diante do Rio Preto, no estádio da Rua Javari.  O atacante Dudu Mineiro, que cumpriu suspensão, deve voltar a equipe. Celinho deverá ser o técnico interino do Juventus.

BRESCIA EMPATA NO ITALIANO SÉRIE B

No sábado (15), o Brescia ficou no empate em 1 a 1 com a Ternana, pelo Campeonato Italiano da Série B, no estádio Mario Rigamonti, em Brescia.

O  único gol bresciano foi marcado pelo atacante Andrea Caracciolo, que ocupa a vice-artilharia da competição com 15 gols marcados. Com o empate, o Brescia ocupa a 9º colocação, com 37 pontos ganhos.

O Brescia jogou com: Cragno (G), Paci, Coletti, Di Cesare, Mandorlini, Benali (Rubén Olivera), Budel, Grossi (Corvia), Scaglia; Saba (Sodinha); Andrea Caracciolo. Técnico: Bergodi.

A próxima partida da equipe acontece na sexta-feira (21), diante do Crotone, fora de casa.

RÁDIO GAZETA AM – CENTENÁRIO  PALMEIRAS

Dando continuidade à série de reportagens sobre o centenário do Palmeiras, o terceiro capítulo do especial aborda os títulos conquistados pelo Verdão nos anos 20.

Confira através do 890 AM, ou através do site http://www.gazetaam.com/

PALMEIRAS PERDE NO NBB

A equipe adulto de basquete masculino do Palmeiras foi derrotada pelo Uberlândia pelo placar de 79 a 77, em partida válida pelo Novo Basquete Brasil, fora de casa. O Verdão comandou o placar durante toda a partida, mas nos segundos finais viu o adversário virar o marcador e vencer a partida.

O Palmeiras atuou e pontuou com a seguinte formação: Maxi Stanic (11), Neto (17), Átila dos Santos (14), Fabrício (11), Tyrone (15), Tiagão (7), Guto (2), Marcão, Wiggins, Igor, Murilo, Rodrigo. Técnico: Betão

No segundo turno, o Palmeiras registra uma campanha pífia com 2 vitórias e 6 derrotas. Essa irregularidade compromete tudo o que a equipe construiu no primeiro turno e já põe em risco a classificação da equipe aos playoffs, que agora está na 12º colocação, com 10 vitórias e 14 derrotas.

A partida marcou o 100º jogo do ala-pivô Tiagão, após a volta do jogador a equipe em 2012.

O próximo compromisso alviverde será apenas no dia 25 de fevereiro, diante do Universo de Goiás, às 20h, no ginásio do Palestra Itália.

Padrão
Esportes

Derby Paulista – Decisões

São inúmeras as decisões de títulos entre Palmeiras e Corinthians ao longo da história. Veja abaixo todas as finalíssimas entre os clubes e os seus campeões:

09/05/1937 Palestra Itália 2 x 1 Corinthians – Campeonato Paulista de 1936
PALESTRA CAMPEÃO PAULISTA

18/09/1938 Palestra Itália 2 x 1 Corinthians – Campeonato Paulista Extra
PALESTRA CAMPEÃO PAULISTA EXTRA

05/05/1940 Palestra Itália 2 x 1 Corinthians – Taça Cidade de São Paulo
PALESTRA CAMPEÃO DA TAÇA CIDADE DE SÃO PAULO

08/05/1948 Palmeiras 1 x 1 Corinthians – Taça Cidade de São Paulo
PALMEIRAS CAMPEÃO DA TAÇA CIDADE DE SÃO PAULO

11/04/1951 Palmeiras 3 x 1 Corinthians – – Torneio Rio-São Paulo
PALMEIRAS CAMPEÃO DO TORNEIO RIO-SÃO PAULO

06/02/1955 Palmeiras 1 x 1 Corinthians – Campeonato Paulista de 1954
CORINTHIANS CAMPEÃO PAULISTA

03/03/1973 Palmeiras 1 x 2 Corinthians – Torneio Laudo Natel
CORINTHIANS CAMPEÃO DO TORNEIO LAUDO NATEL

22/12/1974 Palmeiras 1 x 0 Corinthians –  Campeonato Paulista
PALMEIRAS CAMPEÃO PAULISTA

12/06/1993 Palmeiras 4 x 0 Corinthians – Campeonato Paulista
PALMEIRAS CAMPEÃO PAULISTA

07/08/1993 Palmeiras 0 x 0 Corinthians  – Torneio Rio São Paulo
PALMEIRAS CAMPEÃO DO TORNEIO RIO-SÃO PAULO

18/12/1994 Palmeiras 1 x 1 Corinthians – Campeonato Brasileiro
PALMEIRAS CAMPEÃO BRASILEIRO

06/08/1995 Palmeiras 1 x 2 Corinthians – Campeonato Paulista
CORINTHIANS CAMPEÃO PAULISTA

20/06/1999 Palmeiras 2 x 2 Corinthians – Campeonato Paulista
CORINTHIANS CAMPEÃO PAULISTA

JUVENTUS JOGA NA JAVARI

Na manhã de domingo (16), às 10h, o Juventus enfrenta a Santacruzense, no estádio Conde Rodolfo Crespi, na Rua Javari, pela quinta rodada do Campeonato Paulista da Série A-3.

O time grená está na 14º colocação, com 4 pontos ganhos. Dudu Mineiro, atacante juventino, desfalca a equipe, devido a expulsão na derrota para o Independente de Limeira.

O provável Juventus deve ir a campo  com: André Dias (G), Maurício Carvalho, Leonardo, Cícero, Fernando Rossi, Ricardinho, Netinho, Rafael Branco, Fernandinho, Yuri, Jhonatan. Técnico: Serginho

Sem vencer em casa em partidas válidas pelo Campeonato Paulista desde 13 de fevereiro de 2013, quando superou justamente a Santacruzense pelo placar de 3 a 1, com três gols de Rafael, em jogo com portões fechados, o time da Mooca quer quebrar esse incomodo tabu.

Ao longo do tempo, as equipes se enfrentaram em quatro oportunidades, com 1 vitória para cada um, um empate e uma partida em que não há registro do placar final. Confira os confrontos entre as equipes ao longo da história:

1957 – Amistoso – Não há registro do placar – Santa Cruz do Rio Pardo
2006 – Copa FPF – Juventus 0x1 Santacruzense – Rua Javari
2006 – Copa FPF – Juventus 0x0 Santacruzense – St.Barbara D’Oeste
2013 – Campeonato Paulista A-2 – Juventus 3×1 Santacruzense – Rua Javari

RÁDIO GAZETA AM – CENTENÁRIO PALMEIRAS

A rádio Gazeta AM, 890khz, levou ao ar na terça-feira (11), o 2º programa da Série Memória Palestrina – 100 Anos do Campeão do Século XX, em homenagem ao centenário do Palmeiras, no Disparada no Esporte, comandado pela jornalista Regiane Ritter.

No programa, Renata Camara contou o ingresso do Palestra nos campeonatos oficiais, a compra do Parque Antártica e o título de Campeão Paulista de 1920!

Ouça: http://www.gazetaam.com/memoria-palestrina-2/

PALMEIRAS TENTA RECUPERAÇÃO NO NBB

Neste sábado (15),  a equipe de basquete adulto masculino do Palmeiras joga diante do Uberlândia, fora de casa, pelo Novo Basquete Brasil.

O Verdão, que oscila boas e más partidas na competição, necessita de uma maior regularidade. Desde a saída do armador Caleb Brown, o time palmeirense adota uma postura bipolar. Dentro de casa, um leão. Fora de casa, um gatinho. Se quisermos um lugar ao Sol na zona dos playoffs, precisamos corrigir essa oscilação.

A partida marca a 100º partida do ala-pivô  Tiagão, após seu retorno ao clube em 2012.

Outro fato importante é que faltam apenas quatro pontos para o pivô Marcão completar 1.000 pontos com a camisa alviverde!

Padrão