Esportes

Tripleta clássica

O gol marcado pelo zagueiro colombiano Yerri Mina contra o Sport Club Corinthians Paulista, pelo Campeonato Brasileiro, na Arena Itaquera, no domingo (17), além de garantir a vitória palmeirense pelo placar de 2 a 0 e a liderança do torneio, fez com que o jogador entrasse para a história alviverde ao marcar gols em três clássicos consecutivos.

Mina já havia balançado as redes nas partidas contra o Santos e o São Paulo nessa temporada. O fato não é uma novidade na vida palmeirense. Outros atletas já haviam realizado o feito alcançado pelo colombiano.

O último atleta palmeirense a ter marcado gols em três clássicos consecutivamente foi o atacante Henrique em 2014. Nesse mesmo ano, Alan Kardec também marcou gols em três clássicos seguidos.

No século XXI, os atacantes Edmundo (em 2007) e Vagner Love (em 2004) também registraram essa marca, anotando seguidamente contra Corinthians, São Paulo e Santos.

Euller (em 2000) e Arce (em 2002) marcaram gols diante dos três principais rivais estaduais do alviverde numa mesma temporada, mas não em jogos consecutivos.

Confira os atletas palmeirenses que marcaram gols contra os três rivais estaduais num mesmo ano, de 2000 para cá:

2016 – Mina
2014 – Henrique e Alan Kardec
2007 – Edmundo
2004 – Vagner Love
2002 – Arce
2000 – Euller

Mais recordes

O Derby vencido pelo Palmeiras também registrou outros dois momentos históricos.

O primeiro deles é o fato do Verdão quebrar uma invencibilidade do rival do Parque São Jorge que não perdia em seu estádio havia 34 jogos.

O segundo momento aponta que desde 2007 o Palmeiras não ficava três partidas seguidas sem sofrer gols do seu mais tradicional rival. Em apenas três períodos da história desse confronto esse feito se repetiu: em 1965, de 1988 a 1989 e de 2007 a 2008.

Estrangeiros

Yerri Mina é o décimo segundo atleta estrangeiro do Palmeiras a marcar em um Derby.

Carazzo, Echevarrieta, Villadoniga, Gonzalez, Bovio, Ponce de Leon, Artime, Rincon,  Arce, Munoz e Valdivia foram os estrangeiros alviverdes que escreveram seus nomes na história do Derby ao marcar gols no tradicional confronto.

Palmeiras x Santos

YERRI MINA MARCOU GOL EM TODOS OS CLÁSSICOS EM 2016

Anúncios
Padrão
Esportes

Palmeiras quebra Tabu

O clássico de domingo (31) na Arena Corinthians vencido pelo Palmeiras pelo placar de 2 a 0 sobre o time do Parque São Jorge, com gols de Zé Roberto e Rafael Marques, pelo Campeonato Brasileiro, pôs fim há um tabu de 10 jogos (5 empates e 5 derrotas) sem vitórias do clube alviverde sobre o seu tradicional rival.

Pela quarta vez em toda a história do Derby o Corinthians não conseguiu ultrapassar a marca de 10 jogos sem derrotas para o Palmeiras. A maior sequência do Derby sem derrotas pertence ao Verdão. Foram 12 jogos de invencibilidade palmeirense sobre os alvinegros, entre 4/5/1930 a 5/8/1934, com 11 vitórias e 1 empate. Essa também foi a maior sequência de vitórias dos confrontos.

Relembre como caíram os outros três jejuns palmeirense no Derby:

A primeira sequência alvinegra de 10 jogos invictos sobre o rival alviverde durou de 26/12/1948 a 24/3/1951. O jogo da quebra do tabu palmeirense aconteceu em 8/4/1951, no estádio do Pacaembu. Era a primeira partida da decisão do Torneio Rio-São Paulo. O Palmeiras venceu por 3 a 2.

Liminha abriu o placar para o Palmeiras, aos 4 minutos. Colombo empatou aos 34 minutos. O zagueiro Homero jogou contra as  próprias redes, colocando o Verdão em vantagem aos 42 minutos. No segundo tempo, Jackson empatou novamente aos 3 minutos. Aquiles, aos 20 minutos, marcou o gol da vitória palmeirense, a quebra do tabu e dava o primeiro passo rumo ao título da competição sobre o rival, que aconteceria três dias depois.

O segundo longo jejum palmeirense aconteceu de 6/7/1952 a 21/7/1954. O jogo da quebra do tabu aconteceu em 29/8/1954, na cidade de Barretos, no interior de São Paulo, válida pela Taça Centenário de Barretos. Com um gol de Rodrigues Tatu, aos 28 do segundo tempo, o Verdão quebrou o tabu e garantiu mais uma taça sobre o rival alvinegro.

O terceiro grande tabu do time alviverde foi do dia 22/11/1970 a 4/4/1973.  O jogo da redenção palestrina aconteceu em 26/5/1973, no estádio do Pacaembu, válido pela Taça São Paulo. O Verdão venceu pelo placar de 1 a 0 e quebrou o tabu com um gol de Edu, aos 29 minutos do segundo tempo.

Zé Roberto entra para a história

Com o gol marcado no clássico, o meia palmeirense Zé Roberto entrou para a história do Derby como o jogador mais velho a marcar um gol no tradicional confronto, com 40 anos de idade.

Primeira vez

A derrota para o Palmeiras registrou a primeira derrota do Sport Club Corinthians Paulista em clássicos no seu novo estádio em Itaquera.

Estatísticas

Desde 1915 até hoje, a equipe principal de futebol do Palestra- Palmeiras realizou 5.791 jogos oficiais. A vitória palmeirense diante do Corinthians foi a de número 3.100 na história do clube esmeraldino, que ainda registra 1.416 empates e 1.275 derrotas, com 11.305 gols pró e 6.565 gols contra.

 

palmeiras-x-Corinthians

Padrão