Artes, Esportes

Bola e batucada

Nada mais brasileiro que samba e futebol. Expressões da cultura popular que estão na alma de nossa terra e nossa gente. Quase três meses após ser decacampeão nacional de futebol e se consolidar como o maior campeão do Brasil, o palmeirense também tem orgulho de pela primeira vez conquistar o Carnaval paulistano.

O Grêmio Recreativo e Cultural Escola de Samba Mancha Verde, formado por membros da maior torcida organizada da Sociedade Esportiva Palmeiras, escreveu seu nome no panteão sagrado das escolas campeãs do Grupo Especial.

O carnavalesco Jorge Freitas desenvolveu o enredo “Oxalá, Salve a Princesa! A Saga de uma Guerreira Negra!”, interpretado por Freddy Vianna, que destacou a força da mulher e sua luta por igualdade, a escravidão, direitos dos negros e intolerância religiosa, em desfile realizado na noite de sexta-feira (1).

A apuração das notas aconteceu na tarde de terça-feira (5) no sambódromo do Anhembi. Não deu outra. Vitória alviverde justa e merecida. Um desejo ambicionado desde 1996, quando a Mancha Verde realizou o seu primeiro desfile, ainda como um bloco carnavalesco. O melhor desempenho da escola, até então, havia sido um terceiro lugar no ano passado, com o enredo “A amizade. A Mancha agradece do fundo do nosso quintal”, do carnavalesco Pedro Alexandre “Magoo”.

Paulo Serdan, presidente da Mancha Verde, mostrou mais uma vez a sua competência e liderança. Conduziu a entidade a um título histórico e inédito. Ele é o símbolo maior dessa conquista e será lembrado para sempre.

É inevitável também nesse momento de festa e alegria a lembrança de tantos amigos manchistas. Em especial o saudoso Moacir Bianchi, que sonhou e trabalhou arduamente por esse momento. Ele e o patrono Cléo certamente festejaram como nunca no plano eterno a conquista de sua coletividade.

Mancha Verde é samba, é raça, é raiz
Manto que me envolve e que me faz feliz
Quanta emoção, meu coração sente ao ver meu pavilhão
Ah, Mancha Verde eu sou
União glórias e dignidades
Traz o verde da felicidade
Mostrando que na realidade
Minha escola é religião
Mancha Verde é religião

Pavilhão_Mancha-Verde-02

PARABÉNS MANCHA VERDE, DIGNA CAMPEÃ DO CARNAVAL PAULISTANO 2019

Com a bola nos pés e o batuque nas mãos, o Palestra é o cazzo do campeão!

FORZA VERDÃO!!!

 

 

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s