Esportes

Nove vezes Palestra

A Sociedade Esportiva Palmeiras conquistou o seu nono título de Campeão Brasileiro na tarde de domingo (27) ao vencer a Chapecoense no estádio Palestra Itália pelo placar de 1 a 0, gol marcado pelo lateral-direito Fabiano.

Essa é a segunda conquista do Verdão em sua casa, desde a sua reinauguração em novembro de 2014. Em 2015 o Palmeiras conquistou a Copa do Brasil.

Confira detalhes da campanha vitoriosa do alviverde

37 jogos
23 vitórias
8 empates
6 derrotas
60 gols pró
31 gols contra

Segundo melhor ataque
Melhor defesa
Campeão do Primeiro Turno
Campeão do Segundo Turno
Time que mais venceu como visitante
Time que menos perdeu como mandante
Time que mais vezes se manteve na liderança
15 jogos sem derrotas durante a competição (melhor sequência no torneio)

Elenco Campeão 2016

Goleiros: Fernando Prass, Jaílson, Vagner e Vinicius Silvestre
Laterais: Zé Roberto, João Pedro, Egidio, Jean, Fabrício, Fabiano
Zagueiros: Edu Dracena, Vitor Hugo, Thiago Martins, Mina
Meio Campistas: Arouca, Moisés, Matheus Salles, Thiago Santos, Allione, Gabriel, Cleiton Xavier, Tchê Tchê, Vitinho
Atacantes: Alecsandro, Cristaldo, Dudu, Gabriel Jesus, Erik, Rafael Marques, Barrios, Roger Guedes, Luan, Leandro Pereira

Curiosidades

Pioneiro: Jailson é o primeiro goleiro negro a ser campeão atuando como titular da meta alviverde. Lourenço, Olavo, Tonho e Aranha foram goleiros negros na história do alviverde que participaram de elencos campeões.

Fim de jejuns: O Verdão venceu o Sport em Pernambuco (que não acontecia desde 2009), ganhou do Internacional no Beira-Rio depois de 19 anos e derrotou o Atlético-PR em Curitiba pela primeira vez desde 2008.

Olímpico: Gabriel Jesus conquistou a medalha de ouro olímpica inédita para o futebol brasileiro.

Gringos: Nunca numa conquista de um título brasileiro do Palmeiras houve tantos estrangeiros no elenco. Cristaldo, Lucas Barrios e Allione (Argentinos) e Mina (Colombiano).

Juventude: Gabriel Jesus, com 19 anos, é um dos jovens atletas do Verdão a conquistar um título Brasileiro. Ele nasceu em 03/04/1997. Alex Alves em 1994, com 19 anos, e Mario em 1973, também com 19 anos, foram jovens a levantar o troféu com a camisa do Palmeiras.

Presidente Pé Quente: Em menos de 24 horas após ser eleito presidente do Palmeiras, Maurício Galliote é o primeiro presidente campeão brasileiro antes mesmo de sua posse na história alviverde.

Conquistas do Palmeiras no  estádio Palestra Itália

Internacionais
Taça Libertadores da América – 1999
Copa Sul-Americana Mercosul – 1998

Nacionais
Campeonato Brasileiro – 2016
Copa do Brasil – 2015
Torneio Rio-São Paulo – 1933

Estaduais
Campeonato Paulista – 1926, 1933, 1936, 1976, 1996 e 2008
Campeonato Paulista Extra – 1926 e 1938
Torneio Início do Campeonato Paulista – 1927, 1939 e 1969
Campeonato Estadual (Taça Competência) – 1926 e 1927

Hall da Fama

Brasileiro (Taça Brasil) 1960

Valdir de Moraes (G), Djalma Santos, Valdemar Carabina, Aldemar, Jorge, Zequinha, Humberto Tozzi, Romeiro, Julinho, Chinesinho, Cruz. Técnico: Oswaldo Brandão

Brasileiro (Taça Brasil) 1967

Valdir de Moraes (G), Geraldo Scalera, Baldocchi, Minuca, Ferrari, Dudu, Zequinha, César, Ademir da Guia, Tupãzinho, Lula. Técnico: Mário Travaglini

Brasileiro (Roberto Gomes Pedroza) 1967  

Perez (G),  Djalma Santos, Baldocchi, Minuca, Ferrari, Dudu, Ademir da Guia, Dario (Zico), Servilio, César, Tupãzinho (Rinaldo). Técnico:Mário Travaglini

Brasileiro (Roberto Gomes Pedroza) 1969

Leão (G), Eurico, Baldocchi, Nélson, Zeca, Dudu, Ademir da Guia, Edu (Cardoso), Jaime, César, Pio. Técnico: Filpo Nuñez  

Brasileiro 1972

Leão (G), Eurico, Luis Pereira, Alfredo, Zeca, Dudu (Zé Carlos), Ademir da Guia, Edu (Ronaldo), Leivinha, Madurga, Nei. Técnico: Oswaldo Brandão

Brasileiro 1973

Leão (G), Eurico, Luis Pereira, Alfredo, Zeca, Dudu, Ademir da Guia, Ronaldo, Leivinha, César, Nei. Técnico: Oswaldo Brandão

Brasileiro 1993  

Sérgio (G), Gil Baiano, Antonio Carlos, Cléber (Tonhão), Roberto Carlos, César Sampaio, Mazinho, Edilson, Zinho, Edmundo, Evair (Sorato). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Brasileiro 1994

Velloso (G), Claudio, Antonio Carlos, Cléber, Roberto Carlos, César Sampaio, Flávio Conceição, Rivaldo, Zinho, Edmundo (Amaral), Evair. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Brasileiro 2016

Jailson (G) (Fernando Prass (G)), Fabiano, Edu Dracena (Mina), Vitor Hugo, Zé Roberto, Tchê Tchê, Moisés, Jean (Cleiton Xavier), Roger Guedes, Dudu, Gabriel Jesus. Técnico: Cuca

img-20161121-wa0007

periquito

FORZA VERDÃO!!!

VIVA O CAMPEÃO! VIVA O PALESTRÃO!

Anúncios
Padrão

8 comentários sobre “Nove vezes Palestra

  1. Maria Milede Foschini disse:

    Emoção infartante, Fernando!!!
    História de glórias que você sintetiza com orgulho, amor e conhecimento ímpares!
    Vai para uma pasta em destaque!
    Obrigada!

  2. Maria Cecilia Dutra Razzo disse:

    Parabéns, Fê. Título merecido.Vocês foram os melhores.

    [👏] [👏] [👏] [👏]

    ________________________________

  3. Alberto José de Moraes Neto disse:

    Bom dia, querido amigo Galuppo! Lendo o seu post “nove vezes palestra”, observo uma feliz coicindência acerca da data de nascimento do nosso jovem ídolo, Gabriel Jesus. Faz aniversário no mesmo dia do maior ídolo da história esmeraldina, Ademir da Guia, 03//04/1942. Abraço fraterno e saudações alviverdes!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s