Esportes

Sete juízes em campo

O dia 19 de julho de 1936 entrou para a história do futebol paulista, como sendo a primeira vez que sete juízes atuaram na condução de uma competição oficial na capital paulista.

O fato inédito e pitoresco aconteceu no Torneio Início do Campeonato Paulista da Associação Paulista de Esportes Atléticos (APEA), no extinto campo da A.A.São Bento, na Ponte Grande, Zona Norte da cidade de São Paulo.

Os juízes eram assim distribuídos: um árbitro central, 2 juizes de meta e 4 juizes de linha, um em cada metade do gramado e em lados opostos.

A razão de haver o número exagerado de árbitros, deu-se pelo fato do número reduzido de equipes que disputaram o torneio, frustrando a expectativa dos organizadores, que se programaram para um grande evento.

Cinco clubes apenas apresentaram-se ao torneio, no qual foi disputado o bronze “Helle Nice”, ofertado pelo consul da França, sr. De Martin, o qual deu o pontapé inicial da partida final. Foram eles: São Caetano, Ypiranga, Portuguesa de Desportos, Ordem e Progresso e Humberto Primo.

Era um período de cisão entre as entidades organizadoras no futebol paulista. A APEA organizou dois Campeonatos Paulistas com a ausência das grandes equipes, como o Palmeiras, Santos e Corinthians, São Paulo, em 1935 e 1936, que disputavam um Paulistão pela Liga Paulista de Futebol que era apoiada pela CBD (Confederação Brasileira de Desportos). A APEA não resistiu e fechou, sendo sucedida pela concorrente Liga de Futebol do Estado de São Paulo.

Na decisão da competição, o modesto Esporte Clube Humberto Primo (atual Esporte Clube Vila Mariana) sagrou-se campeão ao vencer a favorita e tradicional Portuguesa de Desportos, por 2 a 1, sob o comando do árbitro central Heitor Marcelino Domingues, ex-jogador e maior artilheiro da história do Palestra Itália (Palmeiras).

O troféu existe até hoje e está preservado na sede social do Esporte Clube Vila Mariana (atual denominação do Esporte Clube Humberto Primo, que teve que mudar seu nome devido a Segunda Guerra Mundial), localizado na Rua Domingos de Morais 1.768.

Ficha técnica da partida final:

Humberto Primo 2×1 Portuguesa de Desportos
Campo: A.A.São Bento (Ponte Grande)
Gols: Omar, Chemp (HUM); Duilio (POR)
Humberto: Roberto, Ernesto, Rebizzi, Barolo, Meudo, Isaias, Pedrinho, Omar, Dempsey, Chemp, Figurado.
Portuguesa: Rodrigues, Fiorotti, Oswaldo, Manduco, Duilio, Barros, Frederico, Carioca, Arnaldo, Alberto, Emilio.

Confira as escalações das equipes participantes do torneio:

São Caetano: Figueira, Rossi, Martorelli, Reis, Mesquita, Bizueta, Marinotti,  Firmo, Anilu, Zeca, Lela

Portuguesa: Rodrigues, Fiorotti, Oswaldo, Manduco, Duilio, Barros, Frederico, Carioca, Arnaldo, Alberto, Emilio

Humberto I: Roberto, Ernesto, Rebizzi, Barolo, Meudo, Isaias, Pedrinho, Omar, Dempsey, Chemp, Figurado

Ordem e Progresso: Belmiro, Italiano, Orlando, Marcello, Lagreca, Gino, Nene, Mariano, Juca, Waldomiro, Arnoldo

Ypiranga: Tuffy, Rovay, Archangelo, Pepe, Americo, Raphael, Figueiredo II, Avelino, Murza, Jorginho,  Figueiredo I.

untitled

 

Anúncios
Padrão

2 comentários sobre “Sete juízes em campo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s