Esportes

Falta técnico e técnica

O Palmeiras começou o ano futebolístico em 2016 com muita expectativa. Foi propolado pela crítica antes da bola rolar como o “Melhor Elenco do Brasil”. Um elenco inchado no ano anterior que ganhou ainda mais peças.

Setores como a defesa e a meia, que eram as maiores deficiências do clube, não tiveram a devida reposição. As camisas 3 e 10 não tem dono à altura das tradições palestrinas.

Em seis partidas antes da estreia na Libertadores, o time apresenta um futebol pífio.  As mesmas deficiências e fragilidades continuam ali. O time não evoluiu nada em relação a final da Copa do Brasil, mesmo com pré-temporada e caras novas.

Muitos indicam que a única causa do baixo rendimento é o treinador Marcelo Oliveira.  Creio que isso é apenas metade dos nossos problemas. Falta técnico. Mas falta técnica também.

Aprendi que quando a tática não resolve, a melhor condição técnica tem que prevalecer. Uma finta. Uma jogada individual. Um lampejo. Uma bola parada. Um acerto dentro de campo combinado pelos próprios jogadores. No caso do Palmeiras atual, não consegue sobrair nem uma coisa, nem outra. Não vemos nada!

A apatia e a má vontade do elenco é de dar dó. Não há gana. O time não se conversa em campo. Parecem todos robotizados. Agem de maneira mecânica e burocrática. Não há solidariedade. Parece que carregam um fardo ao vestirem nossa camisa! Não vibram. Não transmitem prazer ao torcedor. E isso foge do plano tático e da atuação do técnico.

Se nossos problemas se resolvessem apenas com a troca do comandante e de uma nova proposta tática, sinceramente, estaria bem aliviado.

O fato é que falta jogador com um pouco mais de brilho para elevar o nível da equipe. Temos uma orquestra, sem um maestro. Temos um time que corre desordenadamente. Que não pensa o jogo. Que não procura os atalhos. Que não controla o jogo à nossa maneira.

Contra qualquer equipe, temos jogado no ritmo imposto pelo adversário. Um Linense qualquer impõe seu jogo e aceitamos passivamente.

O Palmeiras é o único time no mundo que não sabe marcar sob pressão o seu adversário. Dentro e fora de casa, com torcida a favor ou contra, com time pequeno ou gigante, o time mostra fragilidades que um conjunto que busca o alto nível não pode se dar o luxo de ter.

Com tudo que a equipe demonstrou nas primeiras seis partidas nessa temporada, a moral elevada construída com a conquista mágica da Copa do Brasil vai indo para o ralo. A simbiose entre time e torcida parece escoar pelos dedos. Uma nuvem negra volta a pairar nas alamedas palestrinas, trazendo incertezas e desconfianças.

Como torcedor apaixonado só espero que nossos comandantes enxerguem as falhas a tempo de corrigir e não jogar no lixo um ano que ainda pode ser tão glorioso como tantos outros.

Existe margem e recursos para acertar os rumos do nosso futebol, desde que não foquem os nossos problemas apenas e exclusivamente nas deficiências táticas apresentadas, mas também na qualificação das deficiências técnicas.

simbolo-original

FORZA VERDÃO!!!

Anúncios
Padrão

6 comentários sobre “Falta técnico e técnica

  1. Isso estamos todos vendo tínhamos um grande meia que foi mandado embora sei que era chinelinho e outras coisas mais,porém quando em campo não se omitia como esses que hoje vestem nosso manto sagrado apenas Dudu e Cristaldo parecem ter tesao de jogar, enfim demoramos anos para entrarmos forte em uma libertadores e quando achamos que estávamos bem olha o que acontece mais do mesmo ABS

  2. Hoje Marcelo Oliveira já um profissional, que não esta sendo competente na administração técnica do PALMEIRAS, ele já esgotou todas as possibilidade , sua permanência é sinônimo de perda de referencia e jogos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s