Esportes

Stadium Palestra Italia

O portal do Jornal Lance! trouxe hoje, dia 22 de janeiro, em seu notciário sobre o Palmeiras a seguinte manchete: “Com documento de 1920, Ambev cobra WTorre por direitos no Allianz”, o qual pode ser acessado no seguinte link:

http://www.lance.com.br/palmeiras/com-documento-1920-ambev-cobra-wtorre-por-direitos-allianz.html

Sem entrar no mérito jurídico da questão, o qual, como leigo, acho sem nenhum fundamento por parte da cervejaria e totalmente oportunista, afinal a Companhia Antartica Paulista que firmou o acordo com o Palestra Italia em 1920 não existe mais desde 2000, após falência e fusão com a Brahma que originou a Ambev.

Confira o trecho “polêmico” da cópia original da Escritura de Venda e Compra do Estádio Palestra Itália, registrada no 11 Cartório  de Notas de São Paulo, localizado na Rua Domingos de Morais, no bairro da Vila Mariana, em 27 de abril de 1920:

estadio

PS: Meu saudoso e querido pai trabalhou 50 anos na Companhia Antartica Paulista. Foi seu único registro na Carteira de Trabalho. Quando ela faliu, ele entrou em depressão profunda. E poucos anos depois veio a falecer em decorrência dessa mágoa. Um dos seus superiores era o Ataíde Gil Guerreiro, diretor de futebol do São Paulo Futebol Clube, que foi presidente da Associação Brasileira das Distribuidoras Antarctica e um dos articuladores da fusão que originou a AMBEV.

PS: Qualquer cidadão pode ter acesso a uma cópia dessa certidão solicitando-a no referido cartório.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s