Esportes

Palestra reverte vantagem e quebra tabu na decisão

A fórmula de disputa do atual Campeonato Paulista foi implementada a partir de 2007. De lá para cá essa é a nona decisão de título onde um jogo de ida e de volta determina o Campeão Estadual. Em seis oportunidades o time que venceu o primeiro jogo ficou com o título. Apenas uma vez uma equipe reverteu o resultado da primeira partida da final. E em apenas uma única vez o primeiro encontro da decisão terminou empatado.

Isso posto, não quer dizer que o Palmeiras já pode ser apontado como o Campeão Paulista da atual temporada, após ter vencido a primeira partida da decisão contra o Santos, pelo placar de 1 a 0, nesse domingo (26), no estádio Palestra Itália. Pelo contrário.

O fato é que, ao fim da partida, a crônica esportiva de forma massacrante ignorou a magnitude da vitória palestrina, que reverteu a vantagem santista, e já aponta o Santos Futebol Clube como o franco favorito para se tornar o campeão do Estado pelo fato do clube praiano jogar em seus domínios na partida de volta.

Tudo por que o Palmeiras perdeu uma penalidade máxima e não venceu por mais gols de diferença (!?). Creio que isso é uma análise bem superficial, que distorce os fatos e subjulga a força das duas camisas.

Palmeiras e Santos sempre fizeram jogos duros e equilibrados ao longo dos tempos. Qualquer vantagem, por menor que ela seja, em um clássico dessa grandeza e em se tratando de uma decisão de campeonato deveria ser mais respeitado.

É natural que o Santos se fortaleça jogando na Vila Belmiro. Sempre foi assim. Mas isso não é o bastante para diminuir a vitória palmeirense e a vantagem construída.

Um torcedor mais desatento ao ouvir o pós-jogo das rádios e televisões ficou com a impressão de que o Palmeiras havia perdido por goleada e que iria para a Vila Belmiro jogar o segundo jogo precisando vencer por cinco gols de diferença.

Se o Palmeiras teve o pênalti perdido pelo Dudu, o Peixe teve um gol certo na pequena área desperdiçado pelo artilheiro do campeonato Ricardo Oliveira. Até nos erros capitais de jogadores decisivos houve equilíbrio entre as equipes. Tudo natural e dentro da normalidade de um grande jogo como foi Palmeiras e Santos.

O Palmeiras fez um jogo inteligente. Jogou com equilíbrio e não correu riscos para construir a sua vitória. O Santos é um time bem montado. Tem muita velocidade, técnica e juventude. Soube se defender e sofreu o gol num lance fortuito.

Ambos estão qualificados a serem campeões. E será justo o título ficar nas mãos de qualquer uma das equipes, que iniciaram novos projetos no início da temporada, cheios de incertezas e fizeram por merecer alcançarem os primeiros postos.

Sobre a arbitragem, Vinicius Furlan esteve nervoso e atrapalhado. Seu erro capital foi a não marcação de uma penalidade máxima escandalosa na primeira etapa a favor do Palmeiras, quando Rafael Marques foi calçado por trás na hora do chute.

O resultado positivo em favor do Palmeiras serviu também para por fim a um incômodo tabu. O Verdão não vencia o Peixe há oito partidas, o que torna ainda mais significativa a vitória palestrina.

Agora o desfecho dessa decisão será na Vila Belmiro na próxima semana. Os críticos já decidiram que o “patinho feio” da semana pré-final será o Verdão. E assim, como um qualquer, o Verdão vai à Santos como foi à Itaquera enfrentar o seu arquirival Corinthians. Desacreditado por todos, menos por nós palestrinos de alma.

Abaixo segue todas as finais do Paulista de 2007 até hoje, com os vencedores da primeira partida e os seus campeões:

2007 São Caetano venceu o primeiro jogo contra o Santos. Santos reverteu e foi campeão.

2008 Palmeiras venceu o primeiro jogo contra a Ponte Preta. Palmeiras campeão.

2009 Corinthians venceu o primeiro jogo contra o Santos. Corinthians campeão.

2010 Santos venceu o  primeiro jogo contra o Santo André. Santos campeão.

2011 Empate no primeiro jogo entre Santos e Corinthians. Santos campeão.

2012 Santos venceu o primeiro jogo contra o Guarani. Santos campeão.

2013 Corinthians venceu o primeiro jogo contra o Santos. Corinthians campeão.

2014 Ituano venceu o primeiro jogo contra o Santos. Ituano campeão.
javari_2015

Anúncios
Padrão

12 comentários sobre “Palestra reverte vantagem e quebra tabu na decisão

  1. André disse:

    Irmão o que me deixa mais puto com essa torcida que ai esta “os modinhas”, filhos da elitização do nobre, que não conseguem enxergar que o palmiras esta evoluindo e que não ganhávamos clássicos e que agora o time pelo menos não teme adversário nenhum.
    O que a torcida fez hj foi um esboço disso, depois do pênalti desperdiçado pelo Dudu o que se viu foi uma chiadeira só e um nervosismo que refletiu no campo de jogo.
    Cara, estamos na final com a vantagem de empatar fora de casa. Ou seja fizemos o nosso dever de casa, sim, poderia ser melhor, mas tb, poderia ser bem pior…
    Meu eu creio que sairemos campeões e venceremos o segundo jogo lá na vila. Mas, sinceramente to ficando bem incomodado com parte de nossa torcida, que não canta e vibra os 90 minutos como deveria em uma final dentro de nostra casa.

    • André, concordo contigo. Numa decisão, o que vale é vencer. Não jogamos contra qualquer time. Fizemos uma decisão contra um rival histórico e que não venciamos há oito jogos. Isso pesa. E agora é ter calma e equilíbrio para vencer na Vila Belmiro. Abração

    • André, somente complementando seu texto, além de jogar pelo empate, jogamos por uma derrota por 1 gol, desde que não seja por 1×0, que levaria aos pênaltis. 2×1, 3×2, etc… nos garante o título. Claro que não queremos que isso aconteça. Queremos ver o Palmeiras ganhando e ganhando bem. Mas isso demonstra que a nossa vantagem é maior ainda.

      Vamos rumo a essa vitória e a mais um Título de Campeão Paulista em nossa grandiosa história.

      Abraço.

      • Angelo disse:

        Franchisilvio, não existe a vantagem do gol fora de casa nas finais. Assim, qualquer vitória santista por um gol de diferença (2×1, 3×2, 4×3,…) leva a decisão para as penalidades máximas. Mas também estou confiante em nova vitória do Verdão nos 90 minutos! Grande abraço e Forza Palestra!

  2. Nosso torcedor está muito carente devido aos últimos anos aliado a essa imprensa marrom, que dimimiu nossa vitória, dá impressão que perdemos o jogo. Seremos campeões na vila. Comemoraremos na casa do adversário conforme fizemos na casa dos gambás.

  3. Lamentavel a postura desta “cronica esportiva´´, parcial, que sem noção detalha lances , declarando-se visivel a derrota alviverde, temos exemplos de dubias atitudes, mas esta deixa claro que a SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS, nunca foi , e nunca sera o clube aceito pela cronica, a meta destes “jornalistas´´, e ter o “ALVIVERDE IMPOTENTE´´, inoperante, lamentavel, enquanto isso em iataquera, as dividas explodem, no jardim leonor, elas ja explodiram, e na vila praiana, ja são ilimitadas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s