Esportes

Palmeiras x Santos

Apesar de Palmeiras e Santos se encontrarem apenas pela segunda vez  em uma decisão de Campeonato Paulista em toda a história – a primeira foi em 1959 com vitória alviverde –, as equipes já tiveram confrontos diretos que definiram o campeão estadual em outras cinco oportunidades.

Como o sistema de disputa dessas competições do passado eram os pontos corridos, os embates entre o Verdão e o Peixe representaram verdadeiras decisões durante o próprio torneio. Por três vezes o Palmeiras saiu vencedor e o alvinegro praiano levantou a taça em outras duas ocasiões.

Confira os cinco confrontos diretos que valeram o título da competição estadual:

1927  Palestra Itália Campeão

4/3/1928 Palestra Itália 3×2 Santos
Estádio Vila Belmiro
Gols: Tedesco, Lara, Perillo (PAL);  Evangelista, Camarão (SAN)
PAL:  Perth (G), Bianco,  Miguel Pascoarelli, Xingo, Gogliardo, Serafini, Tedesco, Heitor, Armandinho, Lara, Perillo. Técnico: Amílcar Barbuy
SAN: Athie (G), Bilu, Meira, Hugo, Julio, Alfredo, Omar, Camarão, Siriri, Araken Patuska, Evangelista. Técnico: não identificado

Os dois times lutaram palmo a palmo na liderança da competição. O Palestra era a melhor defesa da competição. O Santos era o melhor ataque com 100 gols marcados. Na penúltima rodada, o Santos jogava em sua casa e precisava vencer o alviverde para entrar na última rodada com chances de título, já que o Palestra liderava por um ponto de diferença sobre o rival. A vitória na Vila Belmiro, num jogo épico, garantiu o título ao Verdão com uma rodada de antecedência.

1947 Palmeiras Campeão

28/12/1947 Palmeiras 2×1 Santos
Estádio Vila Belmiro
Gols: Arturzinho, Turcão (PAL); Odair (SAN)
PAL: Oberdan (G), Caieira, Turcão, Zezé Procópio, Túllio, Waldemar Fiume, Lula, Arturzinho, Oswaldinho II, Lima, Canhotinho. Técnico: Osvaldo Brandão
SAN: Rene (G), Dinho, Expedito, Nene, Dacunto, Alfredo, Odair, Zeferino, Adolfrizes, Antoninho, Leonaldo. Técnico: não identificado

A tabela do Campeonato Paulista de 1947 previa para a última rodada um confronto entre Palmeiras e Santos, na casa santista. O Peixe não tinha mais chances de título. O Verdão lutava pelo caneco diretamente com o Corinthians. A vitória palmeirense foi construída no primeiro tempo e garantiu mais uma taça ao Verdão.

1960 Santos Campeão

16/12/1960 Palmeiras 1×2 Santos
Estádio Vila Belmiro
Gols:  Chinesinho (PAL); Zito, Pelé (SAN)
PAL: Valdir de Moraes (G), Djalma Santos, Valdemar Carabina, Jorge, Zequinha, Aldemar, Julinho Botelho, Humberto Tozzi (Nardo), Romeiro, Chinesinho, Cruz. Técnico: Oswaldo Brandão
SAN: Laercio (G), Dalmo, Mauro, Zé Carlos, Calvet, Zito, Sormani (Dorval), Mengalvio, Coutinho, Pelé,  Pepe. Técnico: Lula

O Santos lutava pelo título palmo a palmo com a Portuguesa de Desportos. O Verdão já estava fora da disputa pelo caneco. Na última rodada, o Peixe venceu o alviverde em seus domínios e passou a Lusa na tabela de classificação, garantindo mais um título para o time da Vila Belmiro.

1968 Santos Campeão

19/5/1968 Palmeiras 1×3 Santos
Estádio Palestra Itália
Gols:  China (PAL); Edu, Pelé, Toninho Guerreiro (SAN)
PAL: Maidana (G), Djalma Santos, Baldocchi, Minuca, Jorge, Julio Amaral, Zequinha, Swing, China, Cabralzinho (Morais), Gildo. Técnico: Alfredo Gonzalez
SAN: Claudio (G), Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel, Rildo, Clodoaldo, Lima, Toninho Guerreiro, Douglas, Pelé, Edu. Técnico: Antoninho

O Santos não teve rival no Campeonato Paulista de 1968. Dominou a competição com extrema facilidade e foi campeão por antecedência justamente na partida diante do Palmeiras no Palestra Itália. O Verdão atuou nesse jogo com um time reserva, pois três dias antes havia disputado a terceira partida da final da Taça Libertadores da América contra o Estudiantes de La Plata.

Veja o vídeo da partida: https://www.youtube.com/watch?v=C6ln6mmB-NU

1996 Palmeiras Campeão

2/6/1996 Palmeiras 2×0 Santos
Estádio Palestra Itália
Gols: Luizão, Cleber (PAL)
PAL:  Velloso (G), Cafu, Sandro, Cleber,  Junior (Elivelton), Galeano, Amaral (Marquinhos), Rivaldo, Djalminha, Muller,  Luizão. Técnico: Vanderlei Luxemburgo
SAN: Edinho (G), Claudio, Sandro, Narciso, Marcos Adriano, Gallo, Baiano, Jamelli, Robert (Camanducaia), Macedo (Nando), Giovanni. Técnico: Orlando Pereira

Campeão do primeiro turno de forma invicta, o Verdão foi um rolo compressor no Paulistão de 1996 registrando a melhor campanha da história do profissionalismo. Para garantir o caneco de forma direta, bastava ao alviverde vencer o segundo turno. E isso aconteceu justamente no confronto direto diante do Santos, que ficou na segunda colocação no segundo turno.

Veja o vídeo da partida: https://www.youtube.com/watch?v=Jbs39kSUibw

Tabu alviverde

O Palmeiras não vence o Santos há oito jogos. A útlima vitória do time palmeirense sobre o rival praiano aconteceu no dia 5 de fevereiro de 2012, Palmeiras 2 x 1 Santos,  gols marcados por Fernandão e Juninho para o Verdão e Neymar para o Peixe, em confronto válido pelo Campeonato Paulista,  realizado em Presidente Prudente.

De lá para cá foram seis vitórias santistas e dois empates. Os últimos quatro confrontos entre as equipes foram todos vencidos pelo alvinegro da Baixada Santista.

A  última vitória do Palmeiras no estádio da Vila Belmiro, palco da grande decisão, aconteceu em 3 de abril de 2011, por 1 a 0, gol marcado por Kleber, pelo Campeonato Paulista.

Veja o vídeo da última vitória palmeirense sobre os santistas: https://www.youtube.com/watch?v=v39BkIUg7NY

Clássico no Palestra Itália

No Palestra Itália, estádio do primeiro jogo da finalíssima, a última vitória palmeirense foi em  8 de fevereiro de 2009, pelo Campeonato Paulista. O Verdão goleou o alvinegro praiano pelo placar de 4 a 1, gols marcados por Edmilson, Lenny e Keirrison (2).

Já o último clássico entre as equipes no Palestra Itália aconteceu no dia 28 de junho de 2009. Na ocasião, o houve empate pelo placar de 1 a 1, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Obina marcou o gol palmeirense, enquanto Robson (que trata-se do Robinho que hoje atua pelo Palmeiras) marcou o gol santista.

Ao longo de toda a história, Palmeiras e Santos já jogaram 70 partidas no estádio palmeirense. Foram 36 vitórias palestrinas, 14 vitórias santistas e 20 empates. O Verdão marcou 137 gols e sofreu 75 dos santistas.

Veja o vídeo da última vitória palmeirense no Palestra Itália: https://www.youtube.com/watch?v=SQsAQzFsbdU

???????????????????????????????

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s